10 comentários:
De rafapaim a 24 de Janeiro de 2005 às 23:15
Alexandra Guerreiro... seguindo a filosofia barata do texto o fim visto por outro prisma é um começo... tudo interligado! Tudo teorias...
De rafapaim a 24 de Janeiro de 2005 às 23:14
Alexandra Guerreiro... "sofrido por amor"... e assim fica completo!
De Alexandra Guerreiro a 24 de Janeiro de 2005 às 23:07
Todo o fim apresenta uma nova oportunidade para repensar, de novo começar e as coisas melhorar.
De Alexandra Guerreiro a 24 de Janeiro de 2005 às 22:55
São duas fases distintas:uma quando tudo acabou, outra quando de novo se apaixonou.Mas tal como já falou não se deve desiludir quando o amor nos prega as suas fintas. Numa aventura deixar-se ir sem ter medo do que há-de vir."Amar como se nunca tivesse sofrido"
De rafapaim a 24 de Janeiro de 2005 às 16:08
so12... é isso que se pretende.. para trista já basta vida... vamos animar e agitar!!! Gostei do bom astral!
De so12 a 24 de Janeiro de 2005 às 15:37
Sempre, Rafapaim, sempre! :)) Mesmo quando não estou! ;)
De rafapaim a 24 de Janeiro de 2005 às 02:24
so12... esta tudo dentro da nossa cabeça e coração!!! Espero que esteja numa fase de ler upside down!
De rafapaim a 24 de Janeiro de 2005 às 02:22
M!... esperemos que sim... que seja sempre lido assim!!! Aquele Beijo!!! Se cuida e as melhoras!
De so12 a 23 de Janeiro de 2005 às 22:15
Deve ser por estas e por outras que, muitas vezes dizemos que está "tudo de cabeça pra baxo"! Quem dera, não é? Um jogo lindo a lembrar o barroco.
De M! a 23 de Janeiro de 2005 às 21:03
...e que seja de baixo para cima!! aq*

Comentar post