.Filosofias Recentes

. Eu ainda estou aqui

. Sobre o que perdi

. Wordporn

. Without Fear

. #rafaenmadrid

. State of flux

. É uma loucura...

. Deixa

. Say what you need to say

. Boa viagem ... Boa sorte!

. Restart

. Fim do vinte dezoito...

. Geronimoooo!!!

. Bipolaridade

. Razões ...

. Because you are dear to m...

. O lado feliz

. Certa e acertada

. Equilíbrio

. Lost

. Mais ou menos

. Dar (mais) certo

. Errado

. Let it all go

. My dumb opinion...

.Filosofias Passadas

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Junho 2019

. Abril 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Janeiro 2018

. Agosto 2017

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Segunda-feira, 11 de Outubro de 2004

Para ler... e reler...

E eu quero brincar ao bate-pé contigo... e deixar que massajes o meu pescoço... e as costas... e que me segures na mão... e sentir-me menina quando me dás a mão... e ir comer fora... e não me importar se é caro ou barato... e preocupar-me depois... e falar sobre o dia... e sobre o chefe... e sobre os hipócritas do meu emprego... e deixar que carregues as compras... e rir das tuas palhaçadas ao volante... e ver filmes bons... e maus... e assim assim... e mudar a estação de rádio por estar a dar futebol... e deixar que me tires fotografias na praia em cuecas... e a sentir-me nua... e querer que rias das minhas piadas sem graça... e querer-te à noite mas precisar de dormir um bocado... e deixar que me abraces... e me beijes... e virar-te as costas porque estou cansada mas continuar a querer que me abraces... e me beijes... e dizer para tirares a fita do cabelo que é tão bonito sem a fita... e passar os meus dedos pelos teus caracóis... e ouvir-te dizer o quanto gostas do meu cabelo dos meus lábios do meu pescoço de mim... e sentar-me com vontade de fumar enquanto tratas dos teus bonsais... e preocupar-me que percebas que eu tenho vontade de fumar enquanto tu tratas dos teus bonsais... e dar-te beliscões... e ir aquela festa... e ver-te dançar à minha frente de olhos esbugalhados... e ficar envergonhada no meio daquela gente toda porque todo tu és à vontade... e dizer que não fiques assim que todos vão ver mas a querer que fiques assim porque eu também estou assim... e pedir desculpa quando estou errada... e custar-me pedir desculpa quando estou errada... e adorar quando me desculpas... e desejar ter-te conhecido desde sempre... e ouvir-te sussurrar no meu ouvido o quanto gostas de mim... e a sentir o mesmo mas a não conseguir dizê-lo como tu dizes... e a ficar irritada por não conseguir dizer como tu dizes... e ficar assustada quando perdes a calma... e a tua voz se altera... e desejar que nunca te zangues comigo... e dizer-te que te adoro com os meus olhos... e desejar que percebas o que estou a dizer-te com os meus olhos... e que me abraces quando estou stressada... e deixar-te doido quando te toco... e saber o quanto o teu sorriso é lindo... e ter medo que as outras achem que tens um sorriso lindo... e querer que seja um segredo só meu... e não compreender por que é que pensaste que eu podia não gostar de ti quando eu gosto de ti... e pensar como é que tu podias achar que eu podia não gostar de ti estando contigo... e pensar que sabes como eu sou mas aceitas-me na mesma... e escrever-te poemas de amor... e colocar na net para todos verem... e hesitar em pô-los na net para todos verem... e ter um sentimento tão profundo que é difícil escrever sobre isso... e é tão fácil escrever sobre isso... e quase ter ciúmes do cão porque eu quero toda a tua atenção só para mim... e gostar quando me compravas prendas que eu queria quando eu ainda não sabia se queria estar contigo... e deixar que me peças em casamento... e eu a imaginar-me a dizer que sim... e tu a perguntares se é mesmo sim... e eu a pensar como é que tu podes pensar que eu não diria que sim... e eu a querer que tu estejas a falar a sério... e tu mesmo a falar a sério... e querer aquilo que queres... e saber que estou segura contigo... e saber que sabes o pior que há em mim... e tentar dar-te o meu melhor porque mereces tudo... e é maravilhoso estar contigo... e é maravilhosa esta harmonia... e não tenho sequer que fazer um nem dois nem três esforços... e falar línguas que não sei contigo... e fazer amor contigo às tantas da manhã... e tentar tentar tentar tentar transmitir ao menos um bocadinho do coerente, nobre, absoluto, contínuo, incondicional e infindável amor que sinto por ti.

Este texto é uma versão da Betty ao texto de Sarah Kane - Falta (Crave)

Textos e Narrativas

Desfolhada

 

Ensaio do filósofo rafapaim às 23:31
link do post | comentar | favorito
15 comentários:
De Gangbang Facials a 16 de Março de 2005 às 09:19
If you dig Gangbang Facials (http://www.gangbang-facials.com)...check out our hot college chicks on spring break being naughty!

http://www.gangbang-facials.com
De rafapaim a 15 de Outubro de 2004 às 19:07
Betty... eu que agradeço ter encontrado seu texto!!! Muito mais que filosofia barata (nem devia sequer estar aqui!) mas gostei demais para esquecer!!! Beijos Rafael!
De Betty a 15 de Outubro de 2004 às 18:47
Obrigada pela distinção! Confesso que fiquei sem palavras. Muitos beijinhos, Betty
De rafapaim a 14 de Outubro de 2004 às 11:22
Magalhães... bem escolhida essa citação!!! Belo texto sem dúvida!
De Magalhães a 14 de Outubro de 2004 às 01:40
[quote]"e saber que sabes o pior que há em mim... e tentar dar-te o meu melhor porque mereces tudo..."[/quote]... diz tudo, belo texto
De rafapaim a 12 de Outubro de 2004 às 18:47
polittikus... então no texto acrescenta... "e devia ter continuado a jogar ao bate pé... e apenas jogaria contigo..."
De polittikus a 12 de Outubro de 2004 às 15:57
Bate pé, aos anos que que não jogo a isso... hehehehe velhos tempos.
De rafapaim a 12 de Outubro de 2004 às 13:24
Pereirinha... e se fosse era uma grande chatice!!!
De rafapaim a 12 de Outubro de 2004 às 13:23
Ricardo... fazer e voltar a fazer... gostei!! Amores impossíveis e sonhos inatingíveis não aquecem a velhice!!!
De rafapaim a 12 de Outubro de 2004 às 13:21
pedevento... então trate de aproveitar!!!

Comentar post

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31