4 comentários:
De rafapaim a 22 de Setembro de 2004 às 02:34
... ... não são precisos grandes gestos para uma grande obra... não é preciso muita explicação para tudo se tornar simples... uns mais tarde que outros! ehehe! Beijo!
De ... a 22 de Setembro de 2004 às 00:44
É verdade. Mas não estava à espera da escolha que fizeste, foi uma surpresa, até porque não é assim tão conhecido este poema e lá está a subtileza, diz o que diz e o que desejamos ter dito em muitas alturas nossa vida a nós mesmos. Dizer aos outros é fácil...
E tens razão: nuns pequenos versos, está toda uma filosofia de vida, e muito em que pensar.
Sabes, agora que postaste este poema, mais clara se torna a tua carta de resposta ao emprego.
Um dia volto atrás e comento-a. É que com a dose certa de ironia, muito de verdade e algum sofrimento se fazem os homens ( e as mulheres, claro). Boa noite...andamos sempre aqui tarde. Beijo :)
De rafapaim a 21 de Setembro de 2004 às 00:25
... ... tanto pediu que eu publiquei! ehehe! Acho que a letra é toda ela filosofia de verdade!!! Beijo!
De ... a 21 de Setembro de 2004 às 00:21
Magnífico! Escolha certeira: letra linda, música mais linda ainda...
A questão é mesmo dar!
saber receber, saber sofrer, saber viver! Sublime!
O homem é sempre um "Operário em construção"!

Comentar post