8 comentários:
De rafapaim a 15 de Setembro de 2004 às 17:19
... ... normalmente não falo duas vezes sobre mesmo assunto(até criei uma base de dados para guardar os títilos e pequeno resumo de cada ensaio para não cair na repetição!) mas um acréscimo sempre se pode fazer!
De ... a 15 de Setembro de 2004 às 14:44
A morte... a morte é uma espécie de poder supremo sobre a vida!:) E por isso, surgiram outros poderes que tanto nosmarcaram e limitaram: as religiões! Se não fosse pelo medo da morte, seríamos todos mais felizes, sem "ministros dos deuses" que digam o que fazer para alcançar a vida eterna! Mas quem, em seu juízo perfeito, deseja a vida eterna? "Who wants to live forever?"
Este post dava uma imensa discussão filosófica e antropológica. Espero que mais tarde voltes a ele.
De rafapaim a 14 de Setembro de 2004 às 17:18
malukita... realmente estes comentários são de "malucos"!!! Mas que coisa feia... dele é claro, afinal ele é que tinha namorada!!! E olhe enquanto escapar dos sustos tudo bem!!!
De malukita a 14 de Setembro de 2004 às 17:07
Rafa... Minha nossa senhora!!! Apanhei um susto agora!!! Eu explico.te logo!!! Nossa... essas meninas... (Prometo nunca mais andar com menino que tenha namorada!!!)... Agora quem ia morrer era eu!!! Quase que tinhas a sorte de não me aturar mais!!! lololololololol... Xau jks enormes... e um beijão enorme em deus que me fez espacar desta minha quase morte precosse!!! ******************************* ah e outro em ti!!!
De rafapaim a 14 de Setembro de 2004 às 16:14
Ricardo... a filosofia barata então é que só queremos o que não temos!!! Que bicho burro o homem não?!
De Ricardo a 14 de Setembro de 2004 às 14:49
Nada é eterno, excepto a própria eternidade. Ou então não... De qualquer forma a maior aspiração do homem, atingir a imortalidade, não é mais que uma figura de estilo porque se isso acontecesse o homem ia passar a sonhar com a mortalidade...
De rafapaim a 14 de Setembro de 2004 às 14:19
polittikus... até digo mais... não terias a palavra sempre, nem tempo!!! Afinal o céu deve ser meio chato não?!
De polittikus a 14 de Setembro de 2004 às 13:26
A morte marca as sensações da vida limitada... senão, nunca se pensava no amanhã, a resposta seria sempre, eu tenho tempo.

Comentar post