De ... a 3 de Setembro de 2004 às 01:40
Ou melhor...Grátis! :) Este Chico Buarque brinca consigo mesmo, vês? Brinca com uma outra letra, mais antiga em que fala de si como o Menino Jesus e da sua mãe com o olhar perdido no mar ("os ladrões, as amantes, meus colegas de copo e de cruz, me conhecem só pelo meu nome de Menino Jesus"). Findo o amor, com o tempo vem o riso. Finda a paixão, não é preciso cegarmo-nos a nós mesmos para ver que édipo é apenas um primata instintivo.. se tivesse esperado mais um pouco, teria visto que a Jocasta era uma velha e mudava de ideias. Bem, isto hoje vai sobre rodas...nada como uma dissertação...grátis! E de novo, escorreguei na maionese. Será o fado? :))É um post que desperta a fantasia: grande letra! Boa escolha!
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres