.Filosofias Recentes

. Eu ainda estou aqui

. Sobre o que perdi

. Wordporn

. Without Fear

. #rafaenmadrid

. State of flux

. É uma loucura...

. Deixa

. Say what you need to say

. Boa viagem ... Boa sorte!

. Restart

. Fim do vinte dezoito...

. Geronimoooo!!!

. Bipolaridade

. Razões ...

. Because you are dear to m...

. O lado feliz

. Certa e acertada

. Equilíbrio

. Lost

. Mais ou menos

. Dar (mais) certo

. Errado

. Let it all go

. My dumb opinion...

.Filosofias Passadas

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Junho 2019

. Abril 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Janeiro 2018

. Agosto 2017

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Segunda-feira, 30 de Agosto de 2004

Hierarquia de favores

Quem nunca precisou de ajuda...

Constantemente somos obrigados a pedir e recorrer de favores para que tudo corra bem... ora existem aqueles que são simples de pedir, e outros mais complicados... uns que são rápidos de fazer, e outros mais demorados... uns que se esquecem, e outros que para sempre recordados... uns que... ok perceberam a coisa!!!

Então existe alguma forma de hierarquizar todos estes pedidos de favores?

Para responder a esta questão nada melhor que recorrer ao jogo do “faz de conta”:

Imagine que durante uma refeição... em plena mesa de jantar, você pede para alguém lhe passar o sal.

- Olha desculpa... (e o tempo até iniciar o pedido ou favor é curto) ... podes passar-me o sal!

Aqui é um favor que passa despercebido... altamente banal e que não custa pedir nem de executar!!!

Agora imagine que precisa pedir um daqueles favores... sempre que o pedido é feito sobre algo que nos é querido ou chegado é mais complicado de falar (por exemplo para aqui um empréstimo do carro... é sempre um risco... carro e mulher não se empresta a ninguém!)

- Olha desculpa... (e aqui faz-se a primeira pausa)... se não ser muito trabalho.... (um ar de necessitado)... e se não for incomodar muito... (aflição e pânico)... e claro que se não quiseres eu não fico aborrecido... (suspiro)... achas que podias.... ( e depois de longas pausas) emprestar o teu carro!

Ora bem... o tempo do silêncio feito até ao início do pedido é que vai determinar a importância do favor!!! Temos sempre tendência a dramatizar as situações complicadas!!! Assim nem precisa estar com muita atenção...

Se pareceu que a pessoa gastou demasiado tempo é sinal que aí vem bronca... se foi num instante, então é porque até sozinho ele se safa!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 23:29
link do post | comentar | favorito
10 comentários:
De rafapaim a 31 de Agosto de 2004 às 19:07
helena... e por vezes tão dependentes de coisas tão banais!!!
De helena a 31 de Agosto de 2004 às 18:16
Pedir um favor é sempre complicado, pq nos faz depender de alguem.Pessoalmente, tendo não ser dependente ( neste momento sou pq não tenho carro pp :( ), gosto e tento depender so do que consigo, mas é inevitavel a dependencia...
De rafapaim a 31 de Agosto de 2004 às 15:48
Garanho... estive a dar uma vista de olhos nos teus blogs... e realmente um deles começa com o sugestivo título de "Filosofia mais que barata... grátis"... tenho colega?!
De rafapaim a 31 de Agosto de 2004 às 15:47
Ricardo... de certeza que não queres antes a chave do carro?! Ou mesmo um rim ou pulmão para transplante?! Era mais fácil!!!
De Garanho a 31 de Agosto de 2004 às 12:51
Por favor... com a dita filosofia barata já mais um blog para me ocupar... este universo bloguista está a revelar-se deveras interessante...

http://cogitando.blogs.sapo.pt http://deputando.blogs.sapo.pt
De Ricardo a 31 de Agosto de 2004 às 12:25
HUuumm... será que... por obséquio... se não fôr muito incómodo... talvez... podias fazer-me um favor... explicar-me o sentido da vida! Será pedir muito?
De rafapaim a 31 de Agosto de 2004 às 11:58
sefaxavor... mas se pedir um rim, ou um pulmão para doar talvez ele aceite!?! ehehe!!! Beijo!
De rafapaim a 31 de Agosto de 2004 às 11:56
pandyxinha... se não tiver vontade de passear deixa ele ladrar até acordar o prédio inteiro... quando algum dos vizinhos vier reclamar do barulho entraga a coleira e fala para ele ir passear o snoppy!!!
De sefaxavor a 31 de Agosto de 2004 às 08:02
E se o outro se recusou a passar-nos o sal é porque de certeza que não nos vai emprestar o carro... Beijos
De pandyxinha a 31 de Agosto de 2004 às 02:27
Pois... Realmente! É tipo o meu cão a pedir para ir á rua, ele sabe que eu estou bem em casa e não me apetece nada... Então começa por fazer o chamado olhar "mete pena", depois pendura-se em mim, depois corre entre mim e a porta agitadamente... E quando nem depois de tudo isto o levo á rua... Entra em desespero e acorda o prédio inteiro a ladrar! Sim... Ele é tipo terrorista! Depois do pedido, kuando eu não vou, ataca com o ladrar!!! Claro que se o que ele quiser for algo simples, como eu mandar-lhe o brinkedo, apenas vem ter cmg e espera! =P Adorei o post rafapaim! =)

Comentar post

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31