6 comentários:
De rafapaim a 9 de Setembro de 2007 às 23:52
Stella Maris... bom é o amor com peso, conta e medida!!!
De Stella Maris a 3 de Setembro de 2007 às 16:14
Não sei... Não sentir aperto no peito qdo se vê a outra pessoa, não ter vontade se subir o Evereste, não ter vontade de conquistar mundos e apanhar estrelas... Claro q qdo n é retribuído, toda essa emoção parece perda de tempo. Apesar de td n sei se será assim tão bom amar...
De rafapaim a 25 de Agosto de 2007 às 00:36
chic! ... talvez seja mais uma utopia!!!
De chic! a 23 de Agosto de 2007 às 11:17
E não é que o Carlos Drummond de Andrade sabia do que falava?! Perfeita descrição do amor apaixonado...
De rafapaim a 23 de Agosto de 2007 às 04:31
Pink Butterfly... mas que texto genial!!!
De Pink Butterfly a 22 de Agosto de 2007 às 10:17
Eu te amo porque te amo.
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no elipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor

(Carlos Drummond de Andrade)

Comentar post