.Filosofias Recentes

. Eu ainda estou aqui

. Sobre o que perdi

. Wordporn

. Without Fear

. #rafaenmadrid

. State of flux

. É uma loucura...

. Deixa

. Say what you need to say

. Boa viagem ... Boa sorte!

. Restart

. Fim do vinte dezoito...

. Geronimoooo!!!

. Bipolaridade

. Razões ...

. Because you are dear to m...

. O lado feliz

. Certa e acertada

. Equilíbrio

. Lost

. Mais ou menos

. Dar (mais) certo

. Errado

. Let it all go

. My dumb opinion...

.Filosofias Passadas

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Junho 2019

. Abril 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Janeiro 2018

. Agosto 2017

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Terça-feira, 8 de Maio de 2007

Respondendo a comentários...

Resta saber, e isto também daria uma estupenda filosofia barata, quando é que se pode considerar que tudo está bem... Só se soubermos responder a esta pergunta é que sabemos que estamos perante o final, caso contrário podemos ficar eternamente à deriva...

Saber quando tudo está bem?!?

Fácil... quando não conseguimos lembrar do rosto de quem amamos... esse pormenor fará que todos os dias tenha aquela imensa vontade de estar perto de quem gosta... lembrança e amor andam desencontrados.. quando olhamos para eles com olhos de quem os observa pela primeira e última vez e isso nos rouba o fôlego... mas não confunda com insegurança e imprevisibilidade... (fácil responder... mas não falei fácil de acontecer!)

Para a próxima pergunta procurei na Wikipédia… e descobri que “O Fim” é uma página de desambiguação, que lista artigos associados a um mesmo título!!! (para compreender o significado desta explicação eu recorri ao dicionário!)
…
Ampliei a procura para o Google… e cheguei a conclusão que “Quando é que sabemos que estamos perante o final” é no momento da compra de um Renault!!! (Eu estava inclinado para a compra de um Alfa Romeo!)
…
Resolvi então procurar onde interessa para construir uma filosofia barata… isso mesmo, numa conversa de um amigo que de certeza têm um amigo que conhece um amigo a quem tudo lhe acontece!

Felizmente eu tenho esse tipo de amizade… mais de dois anos de blog revelam que eu tenho muitos amigos com conversas inúteis mas isso é outra conversa!!!

Já tive conversas sobre “o fim do mundo”…  mas aqui tratarei do fim da esperança, da espera, do amor…

Fácil mesmo é andar iludido e querer acreditar que “enquanto há vida, há esperança” e realmente se o leitor torcer pelo Sporting fica mais complicado conseguir separar estas duas coisas… mas isto dos finais é bom… sim leu bem… é a verdadeira razão para tudo!!!

Se nada acabasse que monótono que isto era… era uma vida inteira de coisas por fazer, planos por concretizar e imensas resoluções de fim de ano a prometer que para o ano é que vai ser… depois do fim podemos dar tudo por encerrado e acaba o sofrimento por questões pendentes…

Outra coisa boa do fim é que depois de acabar sabemos se valeu a pena… é porque quando tudo corre bem não conseguimos avaliar as coisas… assim como o hábito nos torna dependentes de algo que não precisamos e que nos faz mal…

Ainda poderia falar que o fim revela o começo de outra coisa… agora quando é que sabemos que tudo está bem?! É quando paramos para pensar na nossa vida e descobrimos que estamos pior, isso significava que antes é que estava bem… mas se nesse momento tivesse pensado talvez a conclusão fosse um outro tempo anterior ao que estamos… ou seja, as coisas estavam bem era antes de existir… assim que se deu o início só voltamos a ficar bem no fim…

Resta acreditar que o fim não é assim tão mal… afinal existem nos contos de fadas finais felizes!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 18:59
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De rafapaim a 9 de Maio de 2007 às 23:23
Anne baylor... também acredito no mesmo!!! E ainda bem que assim é... e perceber isso é uma verdadeira dávida!!! Um beijo enorme!!!!
De Anne baylor a 9 de Maio de 2007 às 04:10
"Resta acreditar que o fim não é assim tão mal… afinal existem nos contos de fadas finais felizes!!!"

Existem..
Não só nos contos.

Adorei o texto.

Super bjo
De rafapaim a 8 de Maio de 2007 às 20:20
chic! ... já faz muito tempo aqui escrevi o lema do blog... a sua filosofia barata é tão boa como a minha... nem que seja só pelo facto de ser sua!!! Espero mesmo que não existam filosofias certas nem erradas senão mais uma vez tudo deixava de ter piada... estar ou ser feliz devia ser imperativo mas o povo gosta de sofrer, acha que se aprende, cria defesas, dá calo... é triste... é fado!
De chic! a 8 de Maio de 2007 às 20:10
O engraçado das filosofias é isso mesmo... não passam de filosofias... acho que não existem as certas, nem as erradas... Mas no meu caso, se calhar por padecer de uma constante insatisfação, dificilmente conseguirei alcançar o final, porque ele se diz feliz... Cada vez mais acho que a felicidade pertence à esfera do verbo "estar" que é totalmente diferente
do verbo "ser", este sim mais adequado à eternidade que implica o fim... Percebes?

Comentar post

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31