.Filosofias Recentes

. Só vale a pena

. There is always hope

. Por onde andei

. Few Things

. Eu só queria

. Eu ainda estou aqui

. Sobre o que perdi

. Wordporn

. Without Fear

. #rafaenmadrid

. State of flux

. É uma loucura...

. Deixa

. Say what you need to say

. Boa viagem ... Boa sorte!

. Restart

. Fim do vinte dezoito...

. Geronimoooo!!!

. Bipolaridade

. Razões ...

. Because you are dear to m...

. O lado feliz

. Certa e acertada

. Equilíbrio

. Lost

.Filosofias Passadas

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Agosto 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Junho 2019

. Abril 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Janeiro 2018

. Agosto 2017

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Em destaque no SAPO Blogs
pub
Domingo, 10 de Abril de 2005

Por eles

"Somos pelos cães, muitas pessoas são pelas baleias, outras pelas árvores.

Nós somos pelos cães... os grandes e os pequenos, os cães de guarda e os engraçadinhos, os cães de raça e os rafeiros.

Somos pelos passeios, pelas corridas e pelas brincadeiras... pelo escavar, coçar, cheirar e buscar.

Somos pelas casas para cães, portas para cães e dias de cão...

E por isso trabalhamos para os fazer tão felizes como eles nos fazem a nós."

Ensaio do filósofo rafapaim às 17:26
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De rafapaim a 11 de Abril de 2005 às 23:26
Anjo... grandes procuras... grandes conflitos... cada vez mais perguntas sem respostas!
De rafapaim a 11 de Abril de 2005 às 23:23
sonia... eu estava do Balki!
De rafapaim a 11 de Abril de 2005 às 23:23
Gaëlle... bonito isso!
De Anjo a 11 de Abril de 2005 às 14:27
sentada num canto do compartimento ouço lentamente os sons musicais da trovoada. Como é grandiosa esta orquestra! sinto que a minha alma abandona lentamente o meu corpo para se juntar ao delecioso movimento da chuva,misturando-se com as pequenas gotículas da agua que bailam ao som da música . Sinto em mim os versos do bosque, a luz de chopim e a agitada surdez de Beethoven como se por entre os raios ambos se juntassem para que assistam ás suas grandes apoteoses.Misturo-me entre elas,o meu coração bate mais forte e a luz cega-me o olhar que nada vê apenas sente...
Como é bom todo este silencio em que se encontra o meu corpo imovel, apenas a alma dança entre o luar e as nuvens espeças da vida, sinto uma energia percorrer as minhas veias como se todo o meu sangue quisesse jorrar para o exterior percorrendo todo meu corpo como a chuva . tudo me abandona até mesmo os meus sentidos partem para perto deste som musical cheio de adorno e alegria, cheio de paz.no entanto algo me acorda. me chama para a vida ,tudo o que por aqui consegui construir,o amor, a luz de um dia que tao triste havera sido. SÓ ele me agarra e me puxa com todas as suas forças és tu senhor do meu coração que estando no meu peito nao me abandonas,nao me deixas só.Os meus pensamentos confundem-se e a vondade de partir é axficiada pela vontade de ficar , de continuar a lutar de corpo e alma por esse ser tão puro que um dia vi ...
A flor torna-se cada vez mais pura, o amor persiste,a luta continua......
De sonia a 11 de Abril de 2005 às 12:45
de repentre fiquei com saudades da minha nina... beijinhos
De Gaëlle a 10 de Abril de 2005 às 21:42
"O cão é fiel quando há tempestade;
o homem nem sequer quando há vento. "
Erich Kästner

Comentar post

.Janeiro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31