.Filosofias Recentes

. Outro reinício ...

. 5 sentidos...

. Calma! Está tudo perfeita...

. É desta vez...

. Desperdício

. Indiferenças

. Certezas!

. Perspectivas…

. A dor do amor

. Também é amizade

. A vida segue!

. Livro dos Loucos

. Basta o essencial

. Redes Sociais

. Eu no meu papel

. Indian Piggy

. Anonimamente ela...

. Voltou a acontecer

. Eu quero ser o teu proble...

. The Space Between

. o quatro do quatro a uma ...

. Sutilmente

. Deus está aqui

. Semelhanças...

. Onde você mora?

.Filosofias Passadas

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Sábado, 6 de Março de 2004

Quem parte e reparte

Esta filosofia barata tanto acontece de manhã como à tarde e em alguns sítios à noite!!!

Não vai ser preciso recorrer ao jogo do faz de conta... basta apenas pensar como faz... ou então observe os outros a fazer!!!

A simplicidade de comer uma torrada... nem mais!!!

Reparei que a maioria das pessoas (assim como eu), que pedem uma torrada em um qualquer estabelecimento comercial (pão de forma!)... começam por comer a torrada pelas partes laterais, aquelas em que existe a côdea (casca) do pão e só de seguida partem para as fatias centrais.

A situação é mais descarada quando se assiste ao pedido de uma torrada inteira (também existe só a meia torrada), nestes casos, ficam empilhadas as duas fatias centrais... aquela que contém apenas a parte fofa e carregada de manteiga!!!

É o velho hábito de guardar para o fim a melhor parte... sei lá, uma tentativa de ir com um melhor paladar na boca?! Sentir o poder que é devorar ao seu belo prazer a ternura e inocência daquelas fatias gordurosas?! Uma réstia de saudade?!

Mas estão enganados... aqui sim... entra o jogo do faz de conta!!! Está a comer a sua torrada com companhia:

- ele vai estar a observa-lo atentamente... esperando que comece por devorar aquelas fatias laterais que ambos sabem não serem as melhores...
- assim começa pelas duas da direita, você já com um ar mais satisfeito...
- só faltam as duas da esquerda para chegar ao objectivo (toda a essência da torrada esta no meio ... onde está a virtude?!?!) e no momento crucial...

“Será que podia comer uma das tuas fatias” ... Grrrrrrr!!! Que fazer?! Mal educado?! Lá oferecemos com um sorriso nos lábios desejando que ele morra envenenado!!!

Já ouvi dizer... quem parte e reparte... vocês sabem o que eu estou a falar!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 03:28
link do post | comentar | favorito
18 comentários:
De rafapaim a 6 de Março de 2004 às 19:44
analfabeto... é um ritual sagrado a cumprir!!!
De rafapaim a 6 de Março de 2004 às 19:43
Bié... nem mais é educação oferecer... mas rapaziada é educação dizer NÃO OBRIGADO!
De analfabeto a 6 de Março de 2004 às 18:18
Adoro torradas, por isso que ninguém me peça nada. Um torrada, com o meu galão, logo de manhã xi.......
De bié a 6 de Março de 2004 às 18:15
é verdade mano, agora até fiquei c vontade de comer um belo meio de uma torrada! hummmm....
qto ao partilhar o melhor q temos c alguém é sp complicado, podemos oferecer por simpatia e educação mas ficamos sempre a rezar em ouvir um "não, obrigado"!!!o Ser-Humano......!
beijo!
De rafapaim a 6 de Março de 2004 às 13:15
encandescente... uma perspectiva muito racional da questão!!! Agora só estou na dúvida como vou medir 1/17 da espessura do pão (tiha lá alguma nota explicativa sobre isso???)
De rafapaim a 6 de Março de 2004 às 13:14
malukita... o meu blog não tem som para não distrair as pessoas da leitura das minhas "complexas" filosofias!!! ehehe! Sim pode ser que a gente se encontre por aqui!
De rafapaim a 6 de Março de 2004 às 13:13
Maria... também tinha pensado nesse tipo de devorador de torradas (mas pensei que eram uma minoria... mas afinal eles existem e estiveram a ler o meu blog!!!)
De rafapaim a 6 de Março de 2004 às 13:12
malukita... nem precisa pedir desculpa!!! Cuidado então ao comer essa torrada (podes utilizar a técnica da Maria!!!)
De encandescente a 6 de Março de 2004 às 12:15
Uma fórmula para fazer a "torrada perfeita". Foi o que desenvolveram cientistas da Universidade de Leeds, no Reino Unido, a pedido de uma marca de manteiga.A equação demorou três meses a ser desenvolvida e a sua investigação custou cerca de dez mil libras. De acordo com a pesquisa, os "amantes" de uma boa torrada gostam de sentir pedaços de manteiga derretida sobre o pão, a fim de refinar a textura e o sabor. Os investigadores quiseram saber como é que as propriedades da manteiga derretida afectam o sabor da torrada. Antes de mais, descobriram, a manteiga deverá ser aplicada a uma temperatura de 5ºC. Bronek Wedzicha, professor na Universidade de Leeds, explica como se faz a torrada perfeita. "Para criar várias partes de manteiga, que as pessoas dizem preferir, o pão tem de ser aquecido pelo menos a 120ºC e a manteiga deve ser usada directamente do frigorífico, aplicada irregularmente durante dois minutos, a partir do momento em que o pão saiu da torradeira. A quantidade de manteiga deve ser 1/17 da espessura do pão".
Isto é mesmo verdade. :)*
De malukita a 6 de Março de 2004 às 11:56
oi kidu!!!!
Hj naum tenhu a certeza s posso spikar ktg pk naum vou dormir em kasa...
='(
Sorry...
É u k dá ser muiitu social...
Olha kurti memu a nossa konversa...
Manhã kia muiitu flar ktg tá???
Xau jks gandes da malukita **************
Xau kompadri(lol)

Comentar post

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31