.Filosofias Recentes

. Outro reinício ...

. 5 sentidos...

. Calma! Está tudo perfeita...

. É desta vez...

. Desperdício

. Indiferenças

. Certezas!

. Perspectivas…

. A dor do amor

. Também é amizade

. A vida segue!

. Livro dos Loucos

. Basta o essencial

. Redes Sociais

. Eu no meu papel

. Indian Piggy

. Anonimamente ela...

. Voltou a acontecer

. Eu quero ser o teu proble...

. The Space Between

. o quatro do quatro a uma ...

. Sutilmente

. Deus está aqui

. Semelhanças...

. Onde você mora?

.Filosofias Passadas

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2005

Eu hoje vou-me dar bem

Música zoando a anteriormente publicada em 16 de Janeiro 2005

Aí malandragem
Sabe dessas noites que você sai de casa,
sozinho de madrugada igual a um bezerro desmamado,
com uma mão na frente e outra atrás,
pensando naquela gatinha que te deu um tremendo fora?

E aí de repente, gente boa, tu vê a menina na esquina,
sozinha, dando a maior sopa, mó bobeira
e aí quando tu vai se esticando, meu irmão
pinta o maior camburão na jogada fazendo a maior blitz, meu irmão

E os hômi cai cima:
- Aí malandragem, documento, mão pra cima!
E tu mete a mão no bolso e não tem os documentos
Aí e os homem vem com aquela conversa mole não
E tu acaba tendo que pagar a cervejinha, meu irmão

E aí eles te deixam ir embora
Que felicidade
Que felicidade
Que felicidade
Que felicidade, gente boa

E aí­ então você vai se chegando pra gatinha
cheio de segundas intenções
e solta uma tremenda cascata em cima dela:
- Aí­ meu amorzinho, o negócio é o seguinte, vamo lá pro Baixo Lebron
E ela aceita, gente boa!
Aí tu leva ela praquele barzinho, né

Chega lá, tu cheio de firula
puxa a cadeirinha e manda ela sentar
- Muito obrigada!
Aí chega o garçom, gente boa, aquele cara vestido igual um pingüim de branco e preto
e ela joga uma tremenda cascata em cima dele:
- Garçom, traz uma porção de batata frita?
- Que batata frita o quê, gente boa? Tá achando que meu dinheiro é o quê? É capim? Aí garçom, o negócio é o seguinte, traz um churrasquinho aí, pode ser de gato, de preferência de gato siamês.
- Ai amor, churrasquinho de gato?
- Churrasquinho de gato sim, gente boa. Por quê? Tu tem alguma coisa contra os felinos?
- Amor, então paga um chope?
- Que chope o quê, gente boa? Aí, garçom, o negócio é o seguinte: traz cachaça!
- Paga um chope!
- Cachaça!!
- Ah, paga um chope...
- Cachaça, meu irmão!!
- Paga um chope!
- Cachaça!!
- Chopp!!
- Ok, ok, você venceu... Garçom, traz cachaça, falou? O negócio é o seguinte, não dá ouvido a essa mulher não que ela é maluca, tá legal?

Eu hoje vou me dar bem
Eu hoje vou me dar bem
Eu hoje vou me dar bem
Eu hoje vou me dar beeeeem...

Aí nós ficamos ali né, meu irmão,
jogando conversa fora né,
E todo mundo que passava
dizia que a gente era um casal e coisa e tal
sensacional, gente fina, valeu irmão

E como a mulher falava palavrão, gente boa!!
Que coisa feia...
A mulher falava com a boca cheia de comida e cuspia no chão...

Mas no começo tudo era lindo e maravilhoso, né
Mas de repente, meu irmão, caiu um tremendo temporal
Mas mesmo embaixo d'água o nosso amor era mais gostoso...

Aí o garçom trouxe a conta...
- Aí otário, paga aí!
Aí gente boa, a mulher enlouqueceu
Ela dizia que quem pagava a conta era eu
Eu dizia que quem pagava a conta era ela
E ela dizia que quem pagava a conta era eu

Aí eu falei:
- Aí, o negócio é o seguinte, sujou, morô? Eu não tenho dinheiro não!
- Não tem dinheiro? Não é possível... Não tem dinheiro? E o que que é isso aí no seu bolso?
- Nada, nada, nada, nada! Sai fora, gente boa! Sai fora!

Eu hoje vou me dar bem
Eu hoje vou me dar bem
Eu hoje vou me dar bem
Eu hoje vou me dar beeeeem...

Aí meu irmão, daí arrumamos uma tremenda confusão ali no botequim e saímos sem pagar, morô?

Aí ficamos passeando ali pelas areias de Copacabana, né
E eu pensando cá comigo:
- É o seguinte... Esse brotinho, gente boa, é muito bonitinho, morô? Eu acho que eu vou me amarrar...

Aí eu falei assim pro brotinho:
- Brotinho, o negócio é o seguinte, vem cá, amorzinho. Nós estamos aqui a uma porção de tempo né, se beijando e coisa e tal e eu ainda não tive tempo de perguntar qualé o seu nomezinho. Qual é, hein?
- Meu nome é Valdemar Ferreira.
- O que, gente boa? Valdemar, meu irmão?!
- Valdemar, Valdemar Ferreira!
- Não faz isso comigo não, gente boa!
- Valdemar...
- Polícia!! Polícia!! Aí, segura o malandro aqui, gente boa, tá me assaltando! Polícia! Polícia!!
- Que isso, Piu Piu? Dá um beijinho aqui!
- Polícia!! Polícia!! Segura aqui o malandro!!

O nome dela é Valdemar
(vem casar comigo, Piu Piu!
O nome dela é Valdemar
(me dá um beijinho aqui, Piu Piu...)

O nome dela é Valdemar
O nome dela é Valdemaaaaaaaaar
O nome dela é Valdemar
(que bobeira mermão...)

Piu Piu de Marapendi

Ensaio do filósofo rafapaim às 18:45
link do post | comentar | favorito
10 comentários:
De lucimere a 4 de Dezembro de 2008 às 15:59
A VIDA É FEITA DE SONHOS!ENTÃO VÁ DORMIR!
De lucimere a 4 de Dezembro de 2008 às 15:57
A vida é bela e a bicicleta é amarela
De rafapaim a 21 de Janeiro de 2005 às 02:39
so12... agradeço todo esse apoio... Beijos!!!
De rafapaim a 21 de Janeiro de 2005 às 02:38
Angel... um fim é sempre um recomeço!
De so12 a 20 de Janeiro de 2005 às 16:14
Mas é claro que tenho muita fé em ti! E apoio! Apoio todas as buscas, todo o bom sucesso! ;) beijo
De Angel a 20 de Janeiro de 2005 às 11:26
Sim, senhora, gostei!!! Isso é que é preciso, energia positiva e cabeça erguida! Beijinho
De rafapaim a 20 de Janeiro de 2005 às 10:45
so12... isso assim levanta a moral... cheia de confiança em mim??? Obrigado pelo apoio! Espero conseguir partilhar algum do meu sucesso e boa disposição a todos! Beijo!
De rafapaim a 20 de Janeiro de 2005 às 10:44
chris... isso parece uma situação feliz... pena não ter chegado no Natal (é que este é associado a tempo de frio e não calor!) será que existe nessa casa roupa suficiente para você não congelar?!?!
De so12 a 20 de Janeiro de 2005 às 00:55
Não há dúvida: Vais dar-te bem! :)))
De chris a 19 de Janeiro de 2005 às 19:01
u.u.. "nevou" ontem.. brrrrrrrr

Comentar post

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31