.Filosofias Recentes

. Find Me

. Outro reinício ...

. 5 sentidos...

. Calma! Está tudo perfeita...

. É desta vez...

. Desperdício

. Indiferenças

. Certezas!

. Perspectivas…

. A dor do amor

. Também é amizade

. A vida segue!

. Livro dos Loucos

. Basta o essencial

. Redes Sociais

. Eu no meu papel

. Indian Piggy

. Anonimamente ela...

. Voltou a acontecer

. Eu quero ser o teu proble...

. The Space Between

. o quatro do quatro a uma ...

. Sutilmente

. Deus está aqui

. Semelhanças...

.Filosofias Passadas

. Agosto 2017

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Sábado, 31 de Dezembro de 2011

Feliz Ano 2012

"Te desejo uma fé enorme.
Em qualquer coisa, não importa o quê.
Desejo esperanças novinhas em folha, todos os dias.
Tomara que a gente não desista de ser quem é por nada nem ninguém deste mundo.
Que a gente reconheça o poder do outro sem esquecer do nosso.
Que as mentiras alheias não confundam as nossas verdades, mesmo que as mentiras e as verdades sejam impermanentes.
Que friagem nenhuma seja capaz de encabular o nosso calor mais bonito.
Que, mesmo quando estivermos doendo, não percamos de vista nem de sonho a ideia da alegria.
Tomara que apesar dos apesares todos, a gente continue tendo valentia suficiente para não abrir mão de se sentir feliz.
As coisas vão dar certo.
Vai ter amor, vai ter fé, vai ter paz – se não tiver, a gente inventa.
Te quero ver feliz, te quero ver sem melancolia nenhuma.
Certo, muitas ilusões dançaram.
Mas eu me recuso a descrer absolutamente de tudo, eu faço força para manter algumas esperanças acesas, como velas.
Que 2012 seja doce. Repito sete vezes para dar sorte: que seja doce que seja doce que seja doce e assim por diante.
Que seja bom o que vier, pra você."

Caio Fernando Abreu

Ensaio do filósofo rafapaim às 12:23
link do post | comentar | favorito
Domingo, 25 de Dezembro de 2011

Foi ... TOP!!!

Em família…

Curioso que senti assim… distante dos meus (não de todos … ) mas completo e sem vazio!!! Muito mais que união de sangue, muito mais que o convívio do dia a dia, foi uma noite em família!!!

Mesmo com quem pelo meu feitio, ou dureza da solidão estou afastado do seu quotidiano… estive em casa… estive com os meus! É gente que conta, que é importante e que jamais esquecerei, fica o gesto… fica o tanto que aprendo com vocês!

Orgulho por fazerem as minhas vezes… distribuíram presentes, sms, desejos e votos para quem do outro lado nada me desejou… gostei de saber que não vos incomoda ou que não imitaram quem do outro lado me ignorou! Que grande lição me deram… fizeram-me reflectir e escrever uma boa mensagem!

Eu sou menos … vocês são mais… MUITO MAIS!!! 1000x MAIS!

Espero que todos possam ler isto … e que a lágrima que cai encha o resto do vosso coração… como um dia aqui escrevi:

… eu não preciso lembrar de vocês porque eu nunca vos esqueço… procuro vocês no meu pensamento sempre vos acho no meu coração …

- ao André que não anima apenas as nossas manhãs …
- para a Mena a felicidade de ter uma segunda mãe…
- Luzinha que nos ensina que o mais difícil do mundo é simples e feito com amor…
- aos vossos pais / avós mais um natal em família…

Foi um excelente natal! Obrigado!

Ensaio do filósofo rafapaim às 21:30
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sábado, 24 de Dezembro de 2011

Bom Natal 2011!

Não consigo entender… quem acredita em amizade depois do amor?!
Entendo as boas lembranças… recordações… memórias... e até saudades…
Entendo o sentimento bom que fica… carinho… e até um gostar da pessoa que foi…
Entendo o desejar bem… desejar ser feliz… e até desejar um novo amor…
…
Contudo amigo é muito mais que isso…
Se tudo estiver a correr mal a quem vai recorrer?
Se encontrar um novo amor a quem vai contar?
Se precisar conversar a quem vai ligar?
Se precisar sair quem vai convidar?
…
Não pretendo ficar um conhecido, fingir que sou superior ou provar que ultrapassei…
Se procurar é porque quero voltar…
Se ligar é porque ainda estou a precisar do outro…
Se acreditar é porque ainda estou a amar…
…
Se ainda quiser ser feliz com alguém, esqueça tudo atrás… seja muito directo…
Pergunte se ainda gostam de si!
Declare o seu gostar e amor!
Peça para voltar!
…
Seja muito feliz com qualquer resultado final!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 16:58
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 13 de Dezembro de 2011

Happy Smile ;)

… pela primeira vez olho para trás e o fim tem um sabor doce… não que tenha sido diferente de todos os outros ou que tenha sido menos importante ou intenso mas porque aconteceu na hora certa!

… poderia ser mágoa, raiva ou despeito os sentimentos associados contudo nada ficou … nem a amizade nem a indiferença… nem o desprezo nem o orgulho… a lembrança será da coragem da decisão!

… não tenho desejos, votos ou conselhos a dar… não espero que precisem ou contem comigo… acredito que os laços não se partem, as pessoas não se ignoram nem bloqueiam mas mais que procurar alguém é preciso nos encontrarmos!

… tudo resolvido, assente e conversado… os olhos brilham mas não se vêem … o caminho é para longe e se sozinho chegamos mais rápido… acompanhados chegamos mais longe…

… eu levo-vos comigo!

Ensaio do filósofo rafapaim às 21:35
link do post | comentar | favorito

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31