.Filosofias Recentes

. Find Me

. Outro reinício ...

. 5 sentidos...

. Calma! Está tudo perfeita...

. É desta vez...

. Desperdício

. Indiferenças

. Certezas!

. Perspectivas…

. A dor do amor

. Também é amizade

. A vida segue!

. Livro dos Loucos

. Basta o essencial

. Redes Sociais

. Eu no meu papel

. Indian Piggy

. Anonimamente ela...

. Voltou a acontecer

. Eu quero ser o teu proble...

. The Space Between

. o quatro do quatro a uma ...

. Sutilmente

. Deus está aqui

. Semelhanças...

.Filosofias Passadas

. Agosto 2017

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Domingo, 29 de Junho de 2008

Dois Mundos!

Somos egoístas por vezes na desculpa de estar a proteger os outros… em que lugar fica o assumir da nossa responsabilidade?! Escondemos a nossa vontade própria e proveito colocando nos outros aquilo que nos afecta!

Claro que a situação deixa-nos confortável… afinal somos nós que estamos a controlar tudo e todos… mentiras, omissões e manipulações… quando são precisas é porque está errado!

A vida é um crescer de sensações… é um evoluir… em jeito de filosofia barata é “perder tempo com quem esta disposto a perder tempo connosco”!

Ninguém nos rebaixa… nem somos inferiores se estivermos certos do que estamos a fazer, do que fizemos e do que queremos fazer! Aquilo que nos perturba e deixa desconfortável é saber que não conseguimos retribuir…

Viver sem emoção é sobreviver… é preciso alguma desordem… é preciso realidade porque senão é farsa! Não deixe de falar o que é preciso… as pessoas sem serem avisadas podem cometer o mesmo erros inúmeras vezes sem nunca saber!

Não podemos pedir aos outros o que não podemos oferecer… aquilo que só nós conhecemos… só nós sabemos… e aquilo que deixamos conhecer e transparecer é aquilo porque qual seremos julgados!

Realmente existe uma diferença… nem sempre o caminho simples e menos tempestuoso é aquele que nos dá mais prazer na viagem!

“… you will always have a spell on me …”

Ensaio do filósofo rafapaim às 09:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 23 de Junho de 2008

Eu tenho certeza...

Não me parece seguro o que é constantemente abalado… não me parece verdadeiro o que tem sempre de ser pensado!!!

O que molda uma parte… pode ser molde para o tudo! Quando é mal explicado, mal entendido e mal conversado normalmente tem mau resultado!!

Não desistir… não insistir… melhor para mim… melhor para ti…

Mais que tudo… antes de tudo… pense, pense muito, pense com muito carinho! Existem sempre dois lados, enquadre, contextualize, pergunte e explique… as filosofias dos outros são tão boas como a sua… nem que seja pelo facto de serem as deles!

Existe afinidade… tudo fica simples e sem esforço… a vida não é o que temos… mas sim quem temos na vida!!!

… e sentir que somos dois… mas que juntos somos mais …

Ensaio do filósofo rafapaim às 01:04
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Domingo, 15 de Junho de 2008

Algo que nunca acaba!

Existem pessoas pelas quais sinto e sei que sentem por mim amizade, carinho, admiração e respeito!

São pessoas em quem confio e que anseio e desejo estar e voltar para elas!

São especiais e importantes para mim, cuido e estimo os seus sentimentos, espaços e liberdades!

Torço e vibro pelos seus sucessos… quando é assim é eterno!!!

… gostava de ver o teu sorriso para sempre … procuro na minha mente … acho-te no meu coração! …

Ensaio do filósofo rafapaim às 17:45
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Sábado, 7 de Junho de 2008

I Can't Hate You Anymore

An empty room can be so deafening,
The silence makes you wanna scream,
It drives you crazy.
I chased away the shadows of your name,
And burned the picture in a frame,
But it couldn't save me.

And how could we quit something we never even tried,
Well you still can't tell me why.

We built it up,
To watch it fall.
Like we meant nothing at all.
I gave and gave the best of me,
But couldn't give you what you need.
You walked away,
You stole my life,
Just to find what you're looking for.
But no matter how I try,
I can't hate you anymore.
...I can't hate you anymore.

You're not the person that you used to be,
The one I want who wanted me,
And that's a shame but,
There's only so many tears that you can cry.
Before it drains the light right from your eyes,
And I can't go on that way.
And so I'm letting go of everything we were,
It doesn't mean it doesn't hurt.

We built it up,
To watch it fall.
Like we meant nothing at all.
I gave and gave the best of me,
But couldn't give you what you need.
You walked away,
You stole my life,
Just to find what you're looking for.
But no matter how I try,
I can't hate you anymore.

Sometimes you hold so tight,
It slips right through your hands.
Will I ever understand?

Nick Lachey

Ensaio do filósofo rafapaim às 13:27
link do post | comentar | favorito

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31