.Filosofias Recentes

. Outro reinício ...

. 5 sentidos...

. Calma! Está tudo perfeita...

. É desta vez...

. Desperdício

. Indiferenças

. Certezas!

. Perspectivas…

. A dor do amor

. Também é amizade

. A vida segue!

. Livro dos Loucos

. Basta o essencial

. Redes Sociais

. Eu no meu papel

. Indian Piggy

. Anonimamente ela...

. Voltou a acontecer

. Eu quero ser o teu proble...

. The Space Between

. o quatro do quatro a uma ...

. Sutilmente

. Deus está aqui

. Semelhanças...

. Onde você mora?

.Filosofias Passadas

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2007

Mais que vivo...

"Todas as notícias sobre a minha morte foram manifestamente prematuras"...

"Estar vivo é contrário de estar morto"...

E conseguir um texto onde encaixem estas duas frases é adrenalina pura!!! Melhor mesmo, só o morto a pronunciar tais filosofias baratas...

Ensaio do filósofo rafapaim às 11:22
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Quinta-feira, 15 de Fevereiro de 2007

Puxa de um lado... destapa do outro

Mais uma da série das grandes questões da humanidade…

Eu gostaria de saber quem foi o tipo que determinou qual seria o tamanho da calça para determinada cintura?!

Passo a explicar…

Quem daqui já comprou umas calças sem precisar fazer algum retoque?!

Ou compra certo na cintura e manda fazer a bainha… ou compra certa na altura e manda apertar a cintura…

Existe mesmo alguém com aquelas medidas padrão?! E se aquilo é uma medida padrão não era de esperar que fosse a maioria das pessoas a usar?!?!

Que padrão é esse que ninguém cumpre?!

Se afinal aquilo não é usado por ninguém não era altura de repensar nos tamanhos?!

É que não é preciso muito para estar tudo a comprar roupa nas lojas especializadas de baixinhos… ou gordos… ou magros… ou de perna comprida e cintura fina… ou cintura larga e perna curta…

A Levi´s 501 até pode ser a original… mas o pessoal já não é do tempo das cavernas!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 21:07
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 4 de Fevereiro de 2007

No final a culpa é de quem?!

O homem foi feito para depender de alguém?!

Claro que não… o homem foi feito para viver em sociedade, para se relacionar e viver experiências partilhadas… nunca para depender de outro!!!

Colocamos a nossa felicidade na mão dos outros por medo e cobardia… só aquele que não quer aceitar que não pode ser melhor pelos seus meios ou que não ousa em arriscar é que deposita o seu futuro em nome de outra pessoa.

Fomos treinados para não incomodar… para sempre estarmos em dívida para com todos…

- “olhe desculpe… se não der muito trabalho queria….”
- “não querendo incomodar….”
- “quando der jeito será que…”
- “acha que podia…”

Não culpe o mundo… não culpe os outros…

Você não é o problema… você é a solução… para triste e complicada basta a vida… sorria e simplifique!

Exija dos outros o que lhe é devido… nem tudo é favor…
Exija de si o que espera dos outros… faça esse favor…

Faça tudo o que tem para fazer… no final se correr mal… culpe-me a mim!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 01:43
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31