.Filosofias Recentes

. Outro reinício ...

. 5 sentidos...

. Calma! Está tudo perfeita...

. É desta vez...

. Desperdício

. Indiferenças

. Certezas!

. Perspectivas…

. A dor do amor

. Também é amizade

. A vida segue!

. Livro dos Loucos

. Basta o essencial

. Redes Sociais

. Eu no meu papel

. Indian Piggy

. Anonimamente ela...

. Voltou a acontecer

. Eu quero ser o teu proble...

. The Space Between

. o quatro do quatro a uma ...

. Sutilmente

. Deus está aqui

. Semelhanças...

. Onde você mora?

.Filosofias Passadas

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Quarta-feira, 30 de Junho de 2004

Bloggagens!!!

"Devo, não pago, nego enquanto puder.",
"Se não existe vida fora da Terra, então o universo é apenas um grande desperdício de espaço.",
"O cérebro é uma coisa maravilhosa. Todos deveriam ter um.",
"Quando você fala com Deus está rezando. Quando Deus responde, você é esquizofrênico.",
"Uma comida não é necessariamente saudável só porque você a detesta.",
"De onde viemos? Para onde vamos? Lá tem Internet?",
"Pirataria é crime. Não ataque navios.",
"Agora que já existe o parto sem dor só falta inventarem a conta com anestesia.",
"Tudo o que é bom na vida é ilegal, imoral, faz mal e engorda.",
"Corra, que ainda dá tempo.",
"Toda a vez que eu perco peso, ele me acha novamente",
"Não existe país sub-desenvolvido. Existe país sub-administrado.",
"A aranha arranha a jarra, a jarra arranha a aranha.",
"E quando secaram as lágrimas, restou sal para dois anos.",
"Nenhum trabalho é ruim. Ruim é ter de trabalhar.",
"Se Michael Jackson fez três filhos, você consegue fazer um blog.",
"Servidor não encontrado. Deixe seu recado, que ele liga mais tarde.",
"Isso vai doer mais em você do que em mim.",
"Eu tenho o coração de uma criança. Guardo-o num potinho com formol.",
"Não fui assistir seu casamento, porque o centro de atenção ia mudar.", "
"A Modéstia é uma das minhas inúmeras qualidades.",
"Teclado não encontrado - Pressione F1 para continuar",
"Egoísta é quem pensa mais em si mesmo do que em mim.",
"Não acredite em extraterrestres, eles são muito mentirosos.",
"Jamais deixe seu computador saber que você está com pressa.",
"Batata não pensa, logo, não existe.",
"Quem não registra, não é dono.",
"Nenhum animal, vegetal, mineral ou grampo de cabelo foi maltratado nesse Blógue.",
"Só existem 3 artes: literatura, pintura e decoração ornamental de bolos.",
"Software é a parte que você xinga. Hardware é a parte que você chuta.",
"Não desligue, sua ligação é muito importante para nós.",
"Mulheres, crianças e ursos primeiro.",
"70% das estatísticas são inventadas.",
"As estatísticas não mentem. Os estatísticos, sim."
Ensaio do filósofo rafapaim às 19:38
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 29 de Junho de 2004

Sem crise!!!

Então e agora...

Os beefs já foram... agora é descascar as laranjas!!!

Ops!!! Era para falar da instabilidade política... mas isso nem tem muito para discutir!!! Deixem lá ir para Bruxelas o Durão Barroso. Não estou a ver a crise em a Manuela Ferreira Leite sair, então isso não ia ser um motivo de alegria?! Será que não dava a comemoração no Marquês de Pombal, tal e qual qualquer vitória de Portugal?!?!

Andamos aqui a apertar o cinto para agora todos irem embora... a bomba vai explodir nas mãos dos outros!! Estes já estão descansado... já tem em quem colocar as culpas!!! Afinal é uma honra para o país, e etc. e tal, ter alguém em tão alto cargo!

Mas o problema fica resolvido assim que terminar o europeu... fica o Scolari para Primeiro-Ministro e mandamos regressar o Mourinho do Chelsea (talvez aqui o salário ainda seja maior!!!) para as Finanças! E o resto vai-se preenchendo com os habituais do futebol português, Pinto da Costa, Valentim Loureiro (este tem o caso do Apito Dourado... mas o outro também tentou colocar a filha na universidade e ninguém falou no caso da Cunha Dourada!)!!!

Tempestades em copos de água... e lá temos nós uma relação com a filosofia barata!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 23:43
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 28 de Junho de 2004

Tem algo mais polémico que isto?

Quero que saibam que também sei ser polémico....

Assim, o tema do ensaio de hoje sé podia ser um... o anúncio do TIC – TAC!!!

Que aquilo tenha apenas 2 calorias por pastilha tudo bem... agora que apareça uma loira, no começo dando uma imagem de boa rapariga e um ar angelical, que depois de “chupar” aquele produto (e depois de reparar que tem o braço tatuado, algo que também ajuda para a construção desta filosofia barata)! comece a dançar que nem uma louca e a cantar uma música ridícula já é demais!!!

Afinal aquilo parece mais poderoso que a maior parte das drogas conhecidas... já ouvi falar de gente que fica num estado eufórico ao ingerir, cheirar, chutar, inalar certas substâncias (ilegais!!!) mas mesmo assim, menos entusiasta que essa moça!!!

Ora bem... venho pedir que se estude a composição do Tic-Tac e que se tome medidas para que as nossas raparigas (e acho que o efeito também é idêntico nas morenas!) não se tornem dependentes daquilo para serem umas malucas...

Não quero dizer que quem dance daquela maneira seja alguma coisa... a parte da dança, apesar de tudo não está mal ... agora num cenário branco... com roupa branca... uma tipa branca... com uma pastilha branca (nem vou dizer que é um anúncio racista!!!) comece a cantar uma musica daquelas é que só pode estar sobre o efeito de algo!!!

E quem é o tipo da agência de publicidade que apresenta isto ao director de uma empresa e em conjunto chegam ambos à conclusão que aquilo é a melhor forma de divulgar a marca?! Será que o objectivo é ser tão mau e tão estúpido que nos leve a memorizar... afinal eu estou para aqui a falar da publicidade deles não?!?!

Realmente tem coisas que a própria razão desconhece!!!
Ensaio do filósofo rafapaim às 22:30
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 27 de Junho de 2004

Filosofia do Filosofia Barata

Pediram um tema polémico…

Mas nem todas as filosofias baratas são controversas….

Nas letras das músicas que publico, tem alguns versos que demonstram claramente grandes teorias!!! E sempre que tem uma teoria eu gosto, posso não concordar mas gosto!

O melhor de tudo é que para ser uma filosofia barata por vezes nem tema precisa ter… basta ficar falando (aqui escrevendo!) sobre o tema mais complexo ao tema mais simples, talvez até não escrever sobre nada e ocupar um monte de linhas?!

O que será que torna algo em sério e interessante numa teoria, sem ser daquelas que podemos provar com o uso de qualquer ciência??? Não quero acreditar que só as filosofias que se provam são boas… tem lógica descabida e sem nexo que adoro!!!

A filosofia da filosofia é poder ser feita por qualquer pessoa… não preciso adoptar a de ninguém!!! O que é importante para uns pode não ser para outros! Mas aquilo que é importante para todos (maioria) será o “normal”?!?

O normal hoje então devia escrever sobre futebol… será que não sou normal?!? Não me julgo um pseudo-intelectual que critica tudo e todos e que julga que todos são uns ignorantes por não gostarem do que gosto… se a maioria gosta… e se a maioria faz a força… então que se faça a vontade (os gostos pessoais realizo sem chatear ou maçar ninguém!).

Filosofia até pode ser o que acabou de ler!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 23:55
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sábado, 26 de Junho de 2004

Xote das meninas

Mandakaru quando fulorá na seca
É um siná que a chuva chega no sertão
Toda menina que enjôa da boneca
É sinal de que o amor já chegou no coração
Meia comprida não quer mais sapato baixo
Vestido bem cintado não quer mais vestir gibão

Ela só quer só pensa em namorar
Ela só quer só pensa em namorar

De manhã cedo já tá pintada
Só vive suspirando sonhando acordada
O pai leva ao doutor a filha adoentada
Não come nem estuda não dorme nem quer nada

Ela só quer só pensa em namorar
Ela só quer só pensa em namorar
B Ela só quer só pensa em namorar

Mas o doutor nem examina
Chamando o pai do lado
Lhe diz logo em surdina
Que o mal é da idade
E que pra tal menina
Não há um só remédio
Em toda medicina

Marisa Monte

Ensaio do filósofo rafapaim às 23:54
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 25 de Junho de 2004

Lado Lunar

Os dois lados do mundo...

Já aqui escrevi sobre a capacidade de ver algo de bom no acontecimento mais sinistro (06/02/2004), mas a verdade é que tem sempre algo de pior que podia acontecer!

Mas não indo novamente para esse campo o ensaio de hoje é mais sobre as várias interpretações que podemos fazer às mais diversas situações!!!

É fácil opinar sobre os outros mas quando toca a nós tudo fica mais difícil... assim normalmente sempre somos mais pessimistas quando não devíamos ser e quando optimistas mais descuidados!

Ou tudo tem um duplo sentido... ou para bom entendedor meia palavra não basta! Sempre temos tendência a moldar as coisas da forma que queremos ouvir e nunca da forma como nos querem dizer?! Será justo fazer sonhos... será justo destruir os de alguém?!

Não sei por vezes o que quero direito e ainda tenho de fazer o esforço por perceber o que os outros querem?! Tenho de admitir que a beleza de muitas coisas reside no facto de cada pessoa conseguir ver algo de diferente...

Tudo tem dois lados... até a bola certo?! .... o de fora e do dentro!

Ensaio do filósofo rafapaim às 20:39
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 24 de Junho de 2004

Hoje tem de ser futebol

Portugal venceu esta noite a Inglaterra, na marcação de grandes penalidades (6-5), nos quartos-de-final do Euro 2004, em jogo disputado no Estádio da Luz, em Lisboa. No final dos 120 minutos, o encontro estava empatado (2-2).

Os ingleses até marcaram primeiro, logo aos três minutos, por Michael Owen, mas, quando a eliminatória parecia perdida, Hélder Postiga saltou do banco de suplentes e igualou o marcador, aos 83 minutos.

Já no prolongamento, aos 110 minutos, Rui Costa - que também começou o jogo no banco - apontou o segundo golo de Portugal, mas, cinco minutos depois, Frank Lampard fez a igualdade (2-2), resultado que se manteve até ao final do prolongamento, levando a decisão do embate para as grandes penalidades, onde os portugueses estiveram melhor e ganharam por 6-5.

O guarda-redes português Ricardo defendeu a última grande penalidade inglesa, sem luvas nas mãos, e marcou de seguida o último tento da selecção nacional.

A selecção portuguesa jogará as meias-finais do Europeu de futebol com a equipa vencedora do jogo Suécia-Holanda, que se defrontam no Estádio do Algarve (Faro-Loulé), no sábado, a partir das 19h45.

Numa primeira reacção à vitória, o seleccionador nacional, Luís Felipe Scolari, agradeceu aos jogadores "pela forma como se dedicaram na busca de um resultado" positivo.

Não esquecendo o apoio incansável dos adeptos portugueses, Scolari disse que "Portugal está de parabéns" por esta "vitória espectacular". Sem querer antecipar qual a equipa que Portugal irá enfrentar nas meias-finais, o seleccionador nacional prometeu continuar a "trabalhar para que [o jogo] seja mais uma oportunidade de passagem à fase seguinte".

Também o jovem Cristiano Ronaldo quis dedicar esta vitória "a todos os portugueses" pelo apoio que têm dado à selecção nacional.

Apesar de admitir que "Deus esteve com Portugal", o jogador do Manchester United sublinhou que a equipa das "quinas" "mereceu ganhar" pela "grande determinação e confiança" com que enfrentou o jogo.

Ficha de jogo

Ao intervalo: 0-1.
No final do tempo regulamentar: 1-1.
No final do prolongamento: 2-2.

Marcadores:

0-1, Michael Owen, 03 minutos.
1-1, Hélder Postiga, 83.
2-1, Rui Costa, 110.
2-2, Frank Lampard, 115.

Desempate por pontapés da marca de grande penalidade:

0-0, David Beckham (por cima da barra).
1-0, Deco.
1-1, Michael Owen.
2-1, Simão.
2-2, Frank Lampard.
2-2, Rui Costa (por cima da barra).
2-3, John Terry.
3-3, Cristiano Ronaldo.
3-4, Owen Hargreaves.
4-4, Maniche.
4-5, Ashley Cole.
5-5, Hélder Postiga.
5-5, Darius Vassell (defesa de Ricardo).
6-5, Ricardo.

Ensaio do filósofo rafapaim às 23:54
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quarta-feira, 23 de Junho de 2004

Como uma onda no mar

Nada do que foi será,
de novo do jeito que já foi um dia

Tudo passa,
tudo sempre passará

A vida vem em ondas,
como um mar

Num indo e vindo infinito

Tudo que se vê não é igual
ao que a gente viu a um segundo

Tudo muda o tempo todo,
no mundo

Não adianta fugir
Nem mentir
pra si mesmo

agora

Há tanta vida lá fora
Aqui dentro sempre

Como uma onda no mar
Como uma onda no mar
Como uma onda no mar

Lulu Santos

Ensaio do filósofo rafapaim às 23:23
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 22 de Junho de 2004

Frontal

Gosto de pessoas directas... gosto de pessoas sinceras... gosto de pessoas frontais...

...

mas sobretudo gosto de quem o sabe ser!!!

Não confundir estes conceitos com falta de educação, ignorância e ser rude... todos tem direito a formar opiniões (e filosofias baratas também!) mas nem sempre é sensato partilhar os seus pensamentos!

Já aqui escrevi sobre o tema de mentir e omitir ser o mesmo (08/03/2004)... aqui não é o caso!!! Apenas deve elucidar os outros sobre seus pontos de vista e prestar conselhos quando lhe é pedido, o mal de certas pessoas é que acham que devem dizer tudo que pensam e defendem-se atrás de um argumento de frontalidade!

Não seja insensível para com os outros... a verdade por vezes é subjectiva, isto é, cometemos o erro de misturar sentimentos pessoais com opiniões que deviam ser isentas!!! Por isso pense no que gostava de ouvir e não se exceda em palavras que depois são impossíveis de retirar!

“Pior de tudo é quando se põem a dizer que são directas e muito frontais... quando na verdade o que são mesmo é arrogantes e inconvenientes... impertinentes... desbocadas...”

Nem tudo é para falar... nem tudo é para os outros escutarem... nem sempre essa tal frontalidade é o melhor caminho! Nada de contar histórias para amaciar as coisas... muito menos mentir... mas fique pelos factos!

Porque como já alguém disse... “se conselho fosse bom... a gente vendia e não dava!!!”

Ensaio do filósofo rafapaim às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Segunda-feira, 21 de Junho de 2004

Quanto vale um amigo

Até hoje pensava que a pior frase que podia ouvir de uma rapariga era...

- "Temos que falar..."

Mas não! A pior frase de todas é:

- "Eu também gosto de ti, mas como amigo."

Isto significa que para ela, tu és o mais simpático do mundo aquele que melhor a compreende, o mais dedicado... mas nunca vai sair contigo. Vai sair com um gajo nojento que apenas quer ir para a cama com ela.

Aí sim, quando o outro lhe faça alguma das dele, ela chamar-te-á para pedir-te conselhos. É como se fosses a uma entrevista de trabalho e até dissessem:

- "Você é a pessoa ideal para o posto, tem o melhor currículo, é o que está melhor preparado... mas não vamos contratá-lo. Vamos contratar um incompetente. Só lhe pedimos uma coisa, quando esse gajo fizer asneira, podemos chamá-lo para tirar-nos da embrulhada em que ele nos meteu?"

Eu pergunto:

- "O que é que fiz mal? Fomos ao cinema, rimo-nos, passámos horas em cafés... e depois de quantos cafés ficámos amigos de verdade? Depois de cinco? Seis? Com um café menos e tinha ido para a cama com ela!?!"

 Para as mulheres, um amigo rege-se pelas mesmas normas de um tampax: podem ir para a piscina com ele; podem montar a cavalo; dançar..., mas, a única coisa que não podem fazer com ele é ter relações sexuais.

Ainda por cima, bem vistas as coisas... se para uma mulher considerar-te "seu amigo" consiste em arruinar a tua vida sexual, o que fará ela com os inimigos? A mim parece-me muito bem que sejamos amigos, o que não percebo é porque é que não podemos ir para a cama como amigos. Eu penso que a amizade entre homens e mulheres não existe, porque se existisse saber-se-ia.

O que acontece é que quando ela te diz que gosta de ti como amigo, para ela significa isso e ponto. Mas para ti não. Para ti quer dizer que se numa noite estão na praia, ela já com uns copos, está lua cheia, os planetas estão alinhados e um meteorito ameaça a Terra... podes muito bem ir para a cama com ela!! Por isso engoles... Por isso nunca perdes a esperança.

Ela sai com o Joe? Isso vai acabar. E quando isso acontecer, tu atacas com a técnica de consolador:

- "Não chores, o Joe era um chulo. Tu mereces muito melhor, alguém que te compreenda, alguém que esteja no sítio certo quando tu precisas, que seja baixito, que seja moreno, que não seja muito bonito, que se chame John... como eu!!"

Pelo menos, sendo amigo podes meter nojo para eliminar concorrência. É a técnica da "lagarta nojenta". Quando ela te diz:

- Que simpático é o Paul, não é?
- O Paul? É muito simpático... só é pena ser um pouco estrábico.
- Ele não é estrábico, o que tem é um olhar muito ternurento.
- Sim, tens razão. No outro dia reparei nisso quando olhava para a Marta
- Não estava a olhar para a Marta, estava a olhar para mim!
- Vês como é estrábico?

O cúmulo dos cúmulos é o facto dela considerar ter uma relação "super especial" contigo quando pode dormir na mesma cama sem que se passe nada, como é que é??!! Então o "super especial" não seria que se passasse algo?!

Um dia depois de uma festa, tu ficas a ajudá-la a limpar, como fazes sempre, e quando acabam ela diz:

- É tarde! Por que não ficas aqui a dormir?
- E onde é que durmo?
- Na minha cama.

Aí, até te tremem as pernas. Esta é a minha noite, alinharam-se os planetas!. Passados uns minutos, dás-te conta que não são precisamente os planetas que se alinharam, porque ela, como são amigos, com toda a confiança fica em roupa interior e tu, pelo que vês, pensas:

"Vou ter que ficar de boxers. Com todo o alinhamento de planetas que tenho em cima..."

E, assim que te metes na cama, dobras os joelhos para dissimular. Ela mete-se na cama dá-te uma palmada no rabo e diz-te:

- "Até amanhã".

E põe-se a dormir! Como é que se pode pôr no ronco tão cedo? E esta fulana não reza nem nada?
Estás na cama com a rapariga dos teus sonhos. No início nem te atreves a mexer, para não tocar em nada. Sabes que se nesse momento fizessem um concurso, ninguém te podia ganhar: és o gajo mais quente do mundo. E como é longa a noite! Vêm-te à cabeça um monte de perguntas:

"Tocar uma mama com o ombro será de mau amigo?
E se é a mama que toca em mim?"

Não podes acreditar que estás na mesma cama e não se vai passar nada. Confias que, a qualquer altura, ela vai dar a volta e dizer:

"Anda lorpa, que já sofreste bastante. Possui-me!"

Mas não. Para as mulheres parece que nunca sofremos o suficiente. E como sofres... porque tens todo o sangue do corpo acumulado no mesmo sítio. Já houve mesmo casos de homens que rebentaram. Mas ainda não acabou a tua humilhação.

Às 7 da manhã tocam à campainha:

- AH! É o Joe!
- O Joe? Mas ele não te tinha deixado?
- Depois conto-te tudo. Estou com pressa. Esqueci-me de dizer-te que o Joe ia trazer o cão. Como vamos à praia eu disse-lhe que ficando contigo o cão não podia estar em melhores mãos.

Porque tu és um amigo!

Jerry Seinfeld

Ensaio do filósofo rafapaim às 23:57
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Domingo, 20 de Junho de 2004

Nada de bola hoje!

Hoje não vou falar de futebol…

Sem isso sobra muito pouco para falar… será que alguém está interessado em mais alguma coisa?! Que tal uma filosofia barata?!

Por exemplo… todos temos medo de cobras e aranhas venenosas mas a probabilidade de morrer picado por uma é menor do que morrer atingido por um raio?!?!

Porque será que esses pequenos bichos fazem tanta confusão…

Será por terem muitas pernas? Quem tem medo de uma centopeia???
Será por terem aspecto viscoso? Quem tem de um caracol???
Será por terem pêlos? Quem tem medo do Tony Ramos??? ehehe!

Quando falo nesses bichos incluo ratos, ratazanas, baratas, escorpiões, sardões, osgas, lagartos e ainda gafanhotos (ok! Pode ser só a mim que faz confusão mas não gosto!!!)

Depois outra coisa é os homens não poderem ter medo desses bichos… eu sei que até podem não fazer mal, mas eu sei de muita coisa que não faz mal e mesmo assim não gosto! Não chego ao ponto de gritos histéricos e saltar para cima de um banco (mas também tento evitar sítios onde a probabilidade de encontrar tais bichos seja pouco!) mas eles no canto deles e eu no meu!

Outra coisa que reparo é que quase todos numa certa fase da vida fazem “criação” de bichos da seda (ainda sou do tempo!!! ehehe!)… era giro até o raio da lagarta ir para dentro do casulo e sair aquele borboleta que de passagem se siga bem nojenta e morrer!!! E todos os criávamos dentro de uma caixa de sapatos…

Outra coisa que sempre gostamos são os pirilampos, mas qual a utilidade do bicho???!!! E joaninhas??!! Essas até tem música infantil (o pirilampo também!!! menos infantil é claro!) mas achar piada a um bicho que tem como padrão as cores vemelha e preto as pintas… será que nunca sai de moda?!

Ok… todos gostamos é de coelhinhos fofinhos branquinhos e queridinhos!!! ehehe! (quem será que não gosta?!)

Ensaio do filósofo rafapaim às 23:50
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Sábado, 19 de Junho de 2004

Este gostava de partilhar...

"Gostava de falar de tanta coisa...

Gostava de dizer ao sol: "Vem!" e à nuvem: "Vai!".

Gostava de olhar a lua e pensar...

Gostava tanto de pensar em ti e em mim.

Gostava de dizer ao mar: "Seca-te!" e à areia: "Envolve-te!".

Gostava de dizer à lágrima: "Não desças!" e ao grito de saudade: "Não saias!".

Gostava de olhar para ti e nos olhos te dizer que gostava que estivesses comigo...

Gostava de poder acreditar no que dizes...

Gostava que aquilo que dissesses de mim, fosse realmente verdade.

Gostava que aquilo que idealizei, se concretizasse. Gostava de conhecer-te...

Gostava de olhar a Terra do céu... Gostava de te ver lá de cima!

Gostava de ser a tua pessoa e olhar para mim, para perceber quem realmente eu sou!"

...

Júlio César Pinho

Ensaio do filósofo rafapaim às 21:53
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Sexta-feira, 18 de Junho de 2004

When you say nothing at all

It's amazing
How you can speak
Right to my heart

Without saying a word,
You can light up the dark
Try as I may I could never explain
What I hear when
You don't say a thing

The smile on your face
Lets me know
That you need me
There's a truth In your eyes
Saying you'll never leave me
The touch of your hand says
You'll catch me
Whenever I fall You say it best
When you say
Nothing at all

All day long
I can hear people
Talking out loud
But when you hold me near
You drown out the crowd
Try as they may
They can never define
What's been said
Between your Heart and mine

You say it best
When you say
Nothing at all

You say it best
When you say
Nothing at all

The smile on your face
The truth in your eyes
The touch of your hand
Let's me know
That you need me

You say it best
When you say
Nothing at all

Ronan Keating

Ensaio do filósofo rafapaim às 21:16
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quinta-feira, 17 de Junho de 2004

Yellow Cab

Hoje um ensaio para aqueles... que para muitos... são o mal desta sociedade!!!

É levantar a mão e eles aparecem (quando aparecem!!!), mas sempre que se precisa de um raramente está disponível!!!

Os maiores perigos da estrada... de dia bandeirada um e de noite bandeirada dois!!! Andam de um lado para o outro, falam sobre tudo, sabem de tudo, por vezes só se esquecem de conduzir!

Os taxistas... isso mesmo!!!

São um fenómeno curioso... entre os quais destaco:

- os políticos (sempre do partido oposto daquele que está no governo e sempre do contra)
- os paineleiros (ler com cuidado!!! Aqueles que formam um painel de comentadores desportivos)
- os videntes (aqueles que sabem melhor que qualquer astrólogo o que está para vir)
- os filósofos (de algumas teorias que nem eu sequer me lembro nem o Diabo)

Curioso que são sempre “os”... um mundo onde as mulheres não entram?! Soube que agora querem voltar a ter as velhas cores (o preto e verde!), sinceramente... acho muito bem!!! Fica algo de característico!

Mas temos de compreender... um tipo que durante a vida toda conduz um Mercedes que não é dele... que é assobiado para ser chamado... apontado para parar... não queriam mais nada?! Um analistas financeiros e um conselheiros sentimentais móveis?!?!

Outro facto curioso é aqueles que amam o carro... enquanto parados limpam o carro de trás para a frente.... e quando chega a sua vez naquelas filas (sim aquilo tem uma organização... não é a balda!!!) em vez de ligarem o carro... empurram!!!

Não é preciso ama-los ... mas não é preciso odia-los!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 22:13
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 16 de Junho de 2004

Uma explicação

O que escrever...
Quando não tenho nada para dizer...

Então rico vou ficar...
O silêncio é de ouro...
Só tenho mesmo de me calar!!!

Muita teoria e filosofia...
Mais um daqueles que promete fazer...
Ficando tudo para um outro dia...
E no fim tudo por acontecer ???

A palavra é sempre verdadeira...
Mas será que me conhecem...
Pensamentos sem eira nem beira...
Mas que sempre acontecem!!!

Escrevo sobre tudo e sobre nada...
Não tenho resposta nem solução...
Por vezes procuro ajuda...
Outras vezes diversão!!!

Se hoje tem filosofia barata...
É necessário ler com atenção...
Ou apenas palavras à solta...
Mas era essa minha intenção!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 23:57
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Terça-feira, 15 de Junho de 2004

A vida será melhor depois

Porque a melhor filosofia barata também pode chegar por mail...

Convencemo-nos que a vida será melhor depois...

Depois de acabar os estudos...
Depois de arranjar trabalho...
Depois de casarmos...
Depois de termos um filho...
Depois de termos outro filho...

Então, sentimo-nos frustrados porque os nossos filhos ainda não são suficientemente crescidos e julgamos que seremos mais felizes quando crescerem e deixem de ser crianças, depois desesperamo-nos porque são adolescentes insuportáveis.
Pensamos: «Seremos mais felizes quando esta fase acabar!»

Então decidimos que nossa vida estará completa...

Quando o nosso companheiro ou companheira estiver realizado...
Quando tivermos um carro melhor...
Quando pudermos ir de férias...
Quando conseguirmos uma promoção...
Quando nos reformarmos.

A verdade é que NÃO HÁ MELHOR MOMENTO PARA SER FELIZ DO QUE AGORA MESMO!

Se não for agora, então quando? A vida está cheia de depois, de reptos. É melhor admiti-lo e decidir ser feliz agora, de todas as formas. Não há um depois, nem um caminho para a felicidade, a felicidade é o caminho, é AGORA!

Deixa de esperar até que acabes os estudos, até que te apaixones, até que encontres trabalho, até que te cases, até que tenhas filhos, até que eles saiam de casa, até que te divorcies, até que percas esses 10kg, até sexta-feira à noite ou Domingo de manhã, até à Primavera, o Verão, o Outono ou o Inverno, ou até que morras, para decidires então que não há melhor momento que justamente este para seres feliz!

A felicidade é um trajecto, não um destino. trabalha como se não precisasses de dinheiro, ama como se nunca te tivessem magoado e dança como se ninguém estivesse a ver!

Ensaio do filósofo rafapaim às 23:58
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Segunda-feira, 14 de Junho de 2004

Saber ou não saber...

O ser humano é mais feliz na ignorância....

Hoje o tema da filosofia barata é o desconhecido... o que não sabemos e o que não podemos saber!!!

Existe essa distinção... por vezes o que não sabemos não magoa... mas também o que se sabe tarde pode magoar mais!?! Nisto tudo existe sempre um senão, acho que todos já ouviram dizer – “longe da vista, longe do coração”!!!

Não falo aqui em ignorância racional, isto é, fingir que não se sabe, ou fazer por não saber... isso sim é um duplo sofrimento, em primeiro porque estamos super curiosos (ou a morrer de despeito) e queremos saber mas temos de mostrar que nem estamos aí!!!

A outra definição é o que não podemos saber... e nesse campo fica aquilo que se for partilhado pode estragar, tornar tudo diferente. Tem coisas que depois de faladas transformam tudo e que nunca mais conseguimos voltar a ser o mesmo para o outro, leva a maior parte das vezes ao afastamento das pessoas!!!

Jogo do “faz de conta” para ambas as situações:

- O nosso companheiro engana-nos... ora bem... se a coisa é bem feita, não sabemos e se tudo continuar igual não sofremos!!!

- O dia em que descobrimos acabamos a sofrer em dobro!!!

- Uma amizade que se transforma em algo mais... quando alguém nos revela sentimentos é sempre complicado manter a mesma relação!!!

Neste ultimo caso ate surge outra filosofia... mas o facto de alguém gostar de nós não seria motivo de orgulho... ou até de aproximação... desde que não peça nada em troca é um sentimento bom e não mau?!?! Eu quando gosto é porque gosto e não preciso que gostem... é algo nosso!!!

Mas pronto... para não ficarem a saber demais por hoje é tudo!!!

Uma dica para todos... “Floriados só ficam bem em poemas e cortinados”

Ensaio do filósofo rafapaim às 23:58
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 13 de Junho de 2004

Por outras palavras...

Ninguém disse que os dias eram nossos
Ninguém prometeu nada
Fui eu que julguei que podia arrancar sempre
Mais uma madrugada
Ninguém disse que o riso nos pertence
Ninguém prometeu nada
Fui eu que julguei que podia arrancar sempre
Mais uma gargalhada

E deixar-me devorar pelos sentidos
E rasgar-me do mais fundo que há em mim
Emaranhar-me no mundo
E morrer por ser preciso
Nunca por chegar ao fim

Ninguém disse que os dias eram nossos
Ninguém prometeu nada
Fui eu que julguei que sabia arrancar sempre
Mais uma gargalhada

E deixar-me devorar pelos sentidos
E rasgar-me do mais fundo que há em mim
Emaranhar-me no mundo
E morrer por ser preciso
Nunca por chegar ao fim

Mafalda Veiga

Ensaio do filósofo rafapaim às 20:58
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sábado, 12 de Junho de 2004

Menos ais!

E aquilo que parecia ser fácil afinal ficou difícil…

Será que é hora de retirar as bandeiras das casas… carros… e de toda esta euforia?! Um mau negócio para aqueles que ainda encomendaram mais símbolos nacionais??? Espero que não… não seja isto a desilusão nacional… culpa nossa?! Ou mais vontade dos outros?!

Agora não é hora de baixar os braços, vamos a dar mais uma oportunidade… assim como tudo na vida, desistir parece sempre a solução mais fácil… mas nem sempre o caminho mais fácil é o melhor!!!

Queria uma vida simples… tive adversidades… queria uma vida fácil… tive dificuldades… nunca tive o que queria mas tive tudo que precisava!!!

Meus amigos falam que tenho sorte… mas quanto mais me preparo mais sorte tenho!!!

A cobrança por parte dos outros é normal… mas sem vontade, sem o nosso querer o resultado é este!!! Que isto sirva de exemplo… não é preciso vedetas… não é preciso génios… apenas entregar-se de alma e coração!!!

Pessoal… queremos mais… muito mais…

Ensaio do filósofo rafapaim às 20:28
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Sexta-feira, 11 de Junho de 2004

Hora do banho

Procurando no dicionário encontrei champô... aqui fica mesmo estrangeirado “shampoo”!!!

Existe um no mercado que anuncia que não faz arder os olhos... não acredito muito nisso, e depois se acidentalmente me entra um pouco para os olhos a aflição de esfregar e tentar retirar não me deixa aperceber se arde ou não!!!

E depois um comercial onde o pessoal fica a tomar banho de olhos abertos não é de confiar... o que eles temem para não fechar os olhos?! O que esconde aquela família???
Mas para que é que eu quero um shampoo que me deixe tomar banho de olhos abertos?!?! O bom mesmo é colocar a cabeça debaixo do chuveiro... fechar os olhos... e relaxar...

Ora bem, um shampoo que não arde nos olhos e porque não um sabonete ou gel de banho que faça o mesmo?! ... a probabilidade de saltar para os olhos também existe?!?! E depois eu lavo a cara não com o shampoo mas sim com o gel ou sabonete?!?!

Outra coisa é os diversos tipos... e uns com isto e outros com aquilo... até nisso tinha de ser complicado!!! E afinal lavar a cabeça todos os dias é boa política ou não?! Dia sim e dia não?! Usar uma touca ou retirar o chuveiro do gancho?! E porque será que tem uma altura que os banhos masculinos duram mais que os femininos?!

O banho parecia até momentos uma coisa simples mas não sei não!!!

Uma coisa é certa.. duche de água fria para noites mais animadas e homens mais excitados!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 21:47
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Quinta-feira, 10 de Junho de 2004

Já mexe!!!!!

Um mês inteiro só a falar de futebol…

Se tudo correr bem vai ser óptimo… isto é… se Portugal ganhar (ou ao menos fizer boa figura!) tudo vai ficar bem!!! Vamos esquecer a crise, os impostos, o preço da gasolina, a casa pia e o apito dourado e todos os outros problemas… tudo vai passar para um segundo plano!!!

Se perder vai ser complicado… 10 estádios para nada, a Manuela Ferreira Leite sempre a chatear, os árabes sempre a aumentar o preço do petróleo, e ninguém vai preso no raio desses processos???

Mas gosto de ver esta onda de motivação… a bandeira nacional exibida com orgulho e a promoção do país lá fora!!! Agora vamos a fazer boa figura para os estrangeiros, sempre ouvi falar que somos mal recebidos quando vamos para fora… logo não façam o mesmo, a melhor resposta por vezes é fazer aquilo que queríamos que nos fizessem!!!

Futebol, Praia, Música, Santos Populares… e querem que a gente vá votar???

O Rock in Rio já acabou… O Super Bock Super Rock está a acabar… São João, São João dá-me um Euro 2004 para eu brincar!!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 20:32
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
Quarta-feira, 9 de Junho de 2004

Se...

Você disse que não sabe se não
Mas também não tem certeza que sim
Quer saber, quando é assim
Deixa vir do coração

Você sabe que eu só penso em você
Você diz que vive pensando em mim
Pode ser, se é assim
Você tem que largar a mão do não
Soltar essa louca, arder de paixão
Não há como doer pra decidir
Só dizer sim ou não

Mas você adora o Se

Eu levo a sério mas você disfarça
Você me diz a beça e eu nessa de horror
E me remete ao frio que vem lá do sul
Insiste em 0 a 0 eu quero 1 a 1
Sei lá o que te dar, não quer meu calor
São Jorge por favor me empresta o dragão
Mais fácil aprender japonês em braile
Do que você decidir se dá ou não

Djavan

Ensaio do filósofo rafapaim às 20:20
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Terça-feira, 8 de Junho de 2004

Idades certas

Isso de o amor não escolher idades já é antigo...

Mas será que é mesmo assim?! Existem pessoas que a idade física e mental não correspondem... e olhem que não são poucas!!! Um pouco de infantilidade fica sempre bem, mas a responsabilidade e experiência também não ficam mal!!!

Será que pessoas com objectivos totalmente diferentes se vão entender?! Acha que é possível estar com alguém que já passou por tudo que passamos, já viveu imensas coisas e que por um lado as nossas conquistas são para ela velhas recordações...

Não é mais fácil estar com alguém que descobre o mundo com a gente... partilha dos mesmos medos e anseios... fala a nossa língua... e de objectivos mais ou menos comuns!?!

Devo referir que a idade acentua-se mais enquanto jovens!!!

De 15 anos para 20 anos.... dois mundos distintos! (nesta onda até arrisca ser preso!)
De 20 anos para 25 anos... fusão dos dois mundos!
De 25 para 30 anos... um só mundo!

Não tem fórmula mágica... os mais velhos talvez procurem a juventude no parceiro e se cansem com a ingenuidade... os mais novos talvez procurem a segurança e se cansem da monotonia!!!

Mas como toda a filosofia barata é discutível... e já ouvi isto... “ o amor eterno pode até durar três meses “!

Ensaio do filósofo rafapaim às 20:54
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Segunda-feira, 7 de Junho de 2004

Estranhos confidentes!

Quem nunca sentiu que é mais fácil falar com estranhos?!

Aqueles que nos são menos chegados parecem sempre que entendem e nos compreendem melhor... talvez seja porque não fazem qualquer julgamento devido a não nos conhecerem bem, ou talvez seja medo de emitir qualquer comentário ou opinião!!!

Sempre somos mais delicados com pessoas que temos pouca confiança... mas por vezes pode também significar uma empatia logo de primeira!!!

Acredito que tem pessoas que possuem algo que cativam... um brilho... um jeito... carisma... sei lá, seja o que for, sinto que gosto e que adoro estar!!! O contrário também já aqui falei, tem pessoas que não gostamos logo de primeira e nem chegamos a saber o porque disso!!!

Ainda acredito que vale a pena confiar, mas cada vez fica mais complicado, vivemos tempos em que os valores se perdem e as amizades quebram-se por motivos pequenos (tudo muito competitivo e tudo muito superficial e de aparências!)!!| É claro que todos pensamos ser boas pessoas, por isso deixo os julgamentos para os outros.

Mas não são os anos de convívio... ou o facto de saber tudo acerca de alguém que o torna mais próximo de si, por vezes com esses fica mais difícil de partilhar (sabem que estamos lá e sempre descuidamos aquilo que sabemos ter – “só se dá valor depois de perder”!)

Nunca esqueça que...  a única maneira de ter amigos é ser amigo.

Ensaio do filósofo rafapaim às 21:00
link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
Domingo, 6 de Junho de 2004

Mundo pequeno

Será o mundo assim um lugar tão pequeno…

Recentemente aconteceu algo que me levou a pensar nesta filosofia barata!!!

Vamos ao jogo do “faz de conta”:

- Imagine que está num sítio com seus amigos e tudo corre na maior das naturalidades, conversa, risos e boa disposição

- Não está sozinho… tem mais pessoas no mesmo local

- Um dia resolve escrever um blog… passado alguns meses alguém comenta assim do nada porque descobriu por acaso

- Você gosta do comentário e pelo mail descobre uma afinidade comum

- Um dia falam e descobrem que estiveram no mesmo lugar… que essas duas pessoas reparam uma na outra… que nunca mais se viram nem lembravam sequer da existência da outra…

- Mas a recordação por vezes marca acontecimentos estranhos!!!

Com isto parece que ainda acabo a acreditar que as coisas acontecem por um motivo (10/05/2004)… acho que este é mais um daqueles acontecimentos estranhos que nem tento explicar!!!

Outra prova disto é sempre que tentamos fazer algo que não queremos que ninguém saiba sempre tem nesse sítio ou sempre alguém aparece que nós conhecemos, e então nesse dia até nos resolve falar!

Mas tenha cuidado com isso das segundas oportunidades… é pequeno o mundo… mas tem muito sítio para onde ir!

Ensaio do filósofo rafapaim às 18:55
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Sábado, 5 de Junho de 2004

Despedidas...

A última noite de loucura…

Um pequeno ensaio sobre essa festa que se quer longa e inesquecível!!!

A despedida de solteiro… descansem que não é a minha!!!

A filosofia da coisa é estar rodeado de amigos e fazer algo que nunca mais vai poder fazer?! Pensando assim, não consigo perceber qual a vontade de casar… o giro seria ser um início de um novo período repleto de novas experiências!!!

Depois confundem álcool, infidelidade e outras coisas com essa festa… e aquelas figuras que fazem?! Trajes ridículos e atitudes ordinárias que não gostava de ver nem numa pessoa que não gosto quanto mais na que me vou casar?!?!

Qual a finalidade?! A importância do simbolismo… mas se acha que vai perder algo para quê abdicar disso?! O que vai ganhar no casamento supera?! Mas não será possível haver de tudo numa relação?!

E essas festas não deviam continuar mesmo depois do casamento… ela com as amigas dela se quiser… ele com os amigos dele se quiser… eles com os amigos se quiserem… é assim tão utópico!?!

Serei o único a acreditar nisso… mais uma vez relembro amar é diferente de possuir!!! (09/02/2004)

Ensaio do filósofo rafapaim às 20:22
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
Sexta-feira, 4 de Junho de 2004

Quem decide?!

Hoje, mais uma vez venho pedir a vossa ajuda…

Como fazer um convite irrecusável… aquele que se proposto a um dos leitores seria impossível de recusar… ando com a impressão que estas coisas são premeditadas e não existe tal coisa como poder de sedução!!!

Acho que aqui nós os homens fomos passados para trás… por mais “conversa” que tenha as mulheres tem sempre a última palavra!!!

Pode ser o tipo mais tudo, mas se ela não engraçar consigo pode dizer as coisas mais lindas e acertadas que não vai resultar!!! Agora se tiver engraçado consigo… então meu amigo quase nem precisa de abrir a boca!!!

Mas sabendo isto tudo… e sabendo que os homens são todos iguais (uma filosofia barata que elas se orgulham de repetir sempre que cometemos algum erro!!!) porque raio demoram tanto tempo a escolher??!!!

E porque será que as mais bonitas (e isso é discutível) acabam sempre com tipos feios?!?! Será que os outros pensam que não tem hipóteses e elas desesperadas agarram o tipo que numa noite lá arranjou coragem de lhes dirigir a palavra???

Outra coisa é o facto de até certa idade as miúdas querem é estar na berra… andar com o grupo mais porreiro e o miúdo mais popular… nessa altura cometem as maiores loucuras (e não condeno minimamente) mas depois viram grandes senhoras e andam todas metidas a tentar humilhar os outros?!

Qual é?

Para melhor muda-se sempre… e nisso mais vale é andar bem e estar feliz… já diz a filosofia barata do povo…

“Mais vale só que mal acompanhado”!

Ensaio do filósofo rafapaim às 22:19
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
Quinta-feira, 3 de Junho de 2004

Cheio!!!

A filosofia de hoje bem podia ser que a comida de mãe sabe sempre diferente...

Quem nunca disse tal frase (nem que seja para a Sra. ficar toda feliz!!!)!!!

Mas não... o verdadeiro tempero da comida, além de cozinhar com muito amor e carinho (sempre ouvi isto da minha mãe!!!) é ter muita, mas muita fome!!!

E não estou a falar de estar com apetite... estou a falar de estar esganado... com vontade de comer um boi... com o estômago já se contorce e a barriga dá horas!!! Nessa situação qualquer coisa vai ser um verdadeiro manjar, o mais simples prato um banquete... é ver as pessoas a comer com gosto e com cara de felicidade!!!

Pois, isto de comer dá alegria (é um dos melhores prazeres!!!), e depois de comer (raspar o prato até ao final), ainda lambem os dedos.... e ficam cheios (perdão: cheios ficam os porcos.. as pessoas ficam satisfeitas!!!)

E o depois de uma boa refeição?!?! ........ Dormir!!! (ehehe!!!)

O estado em que se chega quando se está a morrer de fome... começa a aparecer uma quantidade enorme de problemas e doenças!!! Será que já perceberam que tenho o jantar a fazer...

Bom apetite!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 22:05
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
Quarta-feira, 2 de Junho de 2004

Devia...

Devia ter amado mais
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter arriscado mais
E até errado mais
Ter feito o que eu queria fazer
Queria ter aceitado as pessoas como elas são
Cada um sabe a alegria e a dor que traz no coração

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar...

Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr
Devia ter me importado menos
Com problemas pequenos
Ter morrido de amor
Queria ter aceitado a vida como ela é
A cada um cabe alegrias e a tristeza que vier

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar...

Devia ter complicado menos
Trabalhado menos

Titãs

Ensaio do filósofo rafapaim às 21:14
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Terça-feira, 1 de Junho de 2004

King Size

Uma sugestão que a Alexandra Guerreiro (muito obrigado!!!) enviou para mim foi uma situação interessante nos hotéis!!!

Porque será que sempre que vamos reservar um quarto individual a cama deste é de tamanho de casal... e quando é para duas pessoas são sempre duas camas de solteiro?!

Acho que deve ser uma questão de educação não partir do pressuposto que as pessoas são casadas (ou qualquer tipo de relação amorosa) ou que vão dividir cama... mas também não é de pensar que se estão a apenas alugar um quarto tenham alguma relação mais íntima???

E depois sozinho é preciso tanto espaço??? Por vezes sabe bem uma cama espaçosa para ter onde virar... revirar... rebolar e esticar-se ao comprido, mas quando bate aquela sensação de faltar algo para preencher o vazio?! Tem coisa pior que estar sozinho e sentindo a falta de alguém (eu sei que tem... talvez estar rodeado de muitas pessoas e sentir na mesma a falta de alguém?!)!!!

Tudo tem uma explicação... mas tudo também tem uma filosofia barata associada!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 23:53
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31