.Filosofias Recentes

. Find Me

. Outro reinício ...

. 5 sentidos...

. Calma! Está tudo perfeita...

. É desta vez...

. Desperdício

. Indiferenças

. Certezas!

. Perspectivas…

. A dor do amor

. Também é amizade

. A vida segue!

. Livro dos Loucos

. Basta o essencial

. Redes Sociais

. Eu no meu papel

. Indian Piggy

. Anonimamente ela...

. Voltou a acontecer

. Eu quero ser o teu proble...

. The Space Between

. o quatro do quatro a uma ...

. Sutilmente

. Deus está aqui

. Semelhanças...

.Filosofias Passadas

. Agosto 2017

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010

Não se trata de destino...

O sentido da vida é perder quem amamos… nesse dia compreenderemos melhor tudo o que significaram para nós... o resultado é entender o que pensavamos e sentiamos por essas pessoas... o que sobrar disto é o amor, amizade e respeito que tinhamos por quem nos deixou... é inerente ao ser humano valorizar mais as coisas depois de perder...

Por mais que tentem, por mais que demonstrem... o fim tem sempre consigo um despertar de palavras não ditas e gestos não executados... o tempo não chega para demonstrar amor... os gestos e palavras não seriam suficientes para demonstrar amor...  resta ao fim ser o fim!

Contudo este sentimento não tem necessariamente de ser de tristeza... dor... é importante saber viver tudo (existe um certo equilíbrio entre o bom e mau)... e nesta hora quanto mais doer mais importante foi... e é dessa forma que vale a pena... e são essas experiências e histórias que nos marcam pela sua intensidade e pela sua felicidade e alegria!

Guardamos só o que é bom de guardar... e enquanto acreditarmos em algo não deixaremos de querer viver... mesmo quando podemos viver tristezas e dores provocadas pelos outros... mas na vida a nossa verdade nao é a realidade... existe o seu lado... o lado do outro... e provavelmente no meio a realidade que resulta de ambas as visões retirando a componente dos sentimentos e emoções!

É necessario bater no fundo para depois subir... é necessário doer para sarar... é preciso não perder o rumo e saber aceitar as coisas como são... não como julga que são... não se deixe cegar pelo que acha ou pensa que viu porque o essencial é invisível aos olhos... e apenas a falta de amor no coração nos impede de ver o mais importante.

Espero que as coisas sigam a sua ordem natural... que certos acontecimentos não atrapalhem essa lógica... estamos preparados para aceitar certas coisas mas nunca estaremos prontos para elas.

Saudades e sinto sua falta...

Ensaio do filósofo rafapaim às 13:17
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De rafapaim a 20 de Janeiro de 2010 às 13:10
Miana... numa ordem cronológica assim vai ser... perdes primeiro os avós, depois os pais e etc... quando aos outros amores?!? Esses acabam para poderes viver outros momentos de felicidade com novas histórias e pessoas! Tem de valer a pena e são sempre melhores...
De Miana a 19 de Janeiro de 2010 às 22:35
"O sentido da vida é perder quem amamos"! Nada disso! O sentido da vida é sermos felizes...perder quem amamos não faz ninguém feliz. Estou de acordo que aprendemos MUITO quando isso acontece. Passamos a dar mais valor ao AMOR, não à pessoa que perdemos, mas aos momentos de AMOR que passámos. Aprendemos que não é preciso chegar "fim" para demonstrar o amor...

Comentar post

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31