.Filosofias Recentes

. Find Me

. Outro reinício ...

. 5 sentidos...

. Calma! Está tudo perfeita...

. É desta vez...

. Desperdício

. Indiferenças

. Certezas!

. Perspectivas…

. A dor do amor

. Também é amizade

. A vida segue!

. Livro dos Loucos

. Basta o essencial

. Redes Sociais

. Eu no meu papel

. Indian Piggy

. Anonimamente ela...

. Voltou a acontecer

. Eu quero ser o teu proble...

. The Space Between

. o quatro do quatro a uma ...

. Sutilmente

. Deus está aqui

. Semelhanças...

.Filosofias Passadas

. Agosto 2017

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Quarta-feira, 24 de Março de 2004

Onde quer que isso seja...

Qual a medida certa?! Onde está o meio?! Será mesmo lá que mora a virtude?!

Tanta pergunta para nenhuma resposta... somos uns esquisitos!!! Aquilo que temos nunca basta, sempre queremos algo diferente ou talvez apenas um pouco mais, ou um pouco menos... a dose parece nunca estar certa?!?

Se demonstramos demasiada vontade de agradar parece falso, fica aquele entusiasmo a mais, achamos horrível aquele tipo de pessoa que faz festa por tudo... super optimista e positiva, parece logo que está a querer fazer inveja.
Se for super interessado e disponível está no limiar de se tornar melga e pegajoso...
Se for mega simpático e educado fica a parecer frio e pedante...
Se for hiper alegre e divertido temos um palhaço!!!

- Menos pessoal muito menos! No meio é que está a virtude!!!

Se demonstramos demasiada apatia parece falso, fica aquela tristeza a mais... horrível aquele tipo de pessoa que sempre se queixa por tudo (ai tanta lamentação!), super para baixo e pessimista, parece logo um derrotado e um coitadinho.
Se for super desligado e distante está no limiar de se tornar um excluído e solitário...
Se for mega indisciplinado e rude fica a parecer um bicho e anti-social...
Se for hiper depressivo e irritante temos um paranóico!!!

- Mais pessoal muito mais! No meio é que está virtude!!!

Mas que raio de meio é esse... Vamos estar sempre em algum destes casos, e se acha que não se enquadra em nenhum vai ter sempre alguém que cria um novo item para colocar você. Não tem saída, vai ter gente sempre a achar que você devia ser diferente!!!

Querem sempre um outro tipo de reacção... se fazemos muita festa era para ser discreto... se não reagimos com surpresa é porque não estamos interessados!!! Grrrrr!!!!

Não tem solução... isto de filosofias baratas é sempre assim!!!

Ensaio do filósofo rafapaim às 00:10
link do post | comentar | favorito
24 comentários:
De rafapaim a 25 de Março de 2004 às 00:21
analfabeto... talvez esteja mais em baixo!!!
De analfabeto a 25 de Março de 2004 às 00:19
Acho que não é no meio que está a virtude...
De rafapaim a 25 de Março de 2004 às 00:16
ApitBull... deixa uma forma de contacto que eu digo sim!!! Ligo para Sr. e Sra. ApitBull e digo que você é a virtude!!!
De rafapaim a 25 de Março de 2004 às 00:15
Lótus... pôxa!!! Não fala isso não, nem brincando!!!
De rafapaim a 25 de Março de 2004 às 00:14
Louco... passando de extremo a extremo talvez tenhas momentos em que te encontras exactamente no centro!
De rafapaim a 25 de Março de 2004 às 00:13
Zé... faltava porque assim fica no meio de muitos outros, e quem sabe se não está junto da virtude!
De ApitBull a 24 de Março de 2004 às 23:57
ainda bem que sou a filha do meio rsrsrsrsrs sou a virtuosa da família. convido-te desde já a dizeres isso mesmo aos meus pais pode ser que substituão extravagante por virtude (^_~)
De Lótus a 24 de Março de 2004 às 23:23
Nunca estamos satisfeitos ... nunca seremos felizes ... beijos ***
De Louco a 24 de Março de 2004 às 23:20
Que se lixe o meio!! Eu cá, opto por ser um misto dos dois extremos: um palhaço-paranóico!!! =)
De a 24 de Março de 2004 às 20:45
Pois, já cá faltava o comentário... Epah, não tenho muito a dizer se é no "meio" que está a virtude ou não... Mas nós não temos meio-termo em tudo; se somos exagerados em determinados aspectos, também não o somos em outros aspectos... Abraço

Comentar post

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31